Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 21 OUT 2019 - 14H49

Livro que traz origens da Congregação Redentorista ganha edição em português

A Editora Santuário acaba de lançar a primeira edição de uma publicação que apresenta os primeiros anos da Congregação do Santíssimo Redentor (1732-1793). O livro “História da Congregação do Santíssimo Redentor: as origens”, é o primeiro volume da monumental obra “Storia della Congregazione del Santissimo Redentore”, organizada pelo padre redentorista italiano Francesco Chiovaro, falecido em 09 de abril deste ano.

“Achamos por bem publicar a tradução deste primeiro volume da História da Congregação do Santíssimo Redentor para resgatar as origens mais remotas. Esta publicação é traduzida agora para o português e apresenta um conteúdo para aqueles que desejarem conhecer de maneira mais profunda a história dos Missionários Redentoristas e também para quem busca contribuir para que esta história continue acontecendo. Resolvemos apresentá-la nesta ocasião do Jubileu dos Redentoristas em Aparecida para que assim nos inspire a prosseguirmos com nossa missão”, assinalou padre Fábio Evaristo, diretor editorial da Editora Santuário.

Elisangela Cavalheiro
Elisangela Cavalheiro
Publicação ganha sua primeira edição em português.


A publicação foi lançada no dia 18 de outubro, durante a comemoração do
Jubileu de 125 anos da presença redentorista em Aparecida e dos 75 anos da Província de São Paulo, na Casa de Hospedagem e Seminário Santo Afonso.

O organizador da publicação na apresentação do livro indica que, quando o projeto da história começou a ganhar corpo, era necessária uma introdução que facilitasse ao leitor a compreensão dos acontecimentos narrados.

“Com o avanço do trabalho de redação, íamos percebendo que, para uma correta leitura das fontes e para uma interpretação serena e objetiva daquilo que os redentoristas das duas primeiras gerações foram ou quiseram ser, era necessária uma informação mais completa por causa do delicado problema que sempre é suscitado pela temática das origens de um Instituto missionário: a intuição de uma específica urgência eclesial”, escreveu o missionário.

A12
A12
Livro tem 736 páginas.

Para a tradução em português vários missionários brasileiros deram sua contribuição. Entre eles, o padre Júlio Brustoloni, falecido em janeiro de 2017, que inclusive investiu neste trabalho seus últimos anos de vida, e junto com ele outros nomes também ofereceram sua valorosa colaboração, como padre Flávio Cavalca, padre Domingos Sávio, padre Luiz Gonzaga Scudeler e ainda padre José Raymundo Vidigal da Província do Rio e padre Clóvis Bovo da Província de Goiás.

A primeira edição teve 500 exemplares impressos e embora voltada especialmente para todos aqueles que de alguma forma vivem e compartilham da espiritualidade redentorista, estará em breve à disposição do grande público no site da Editora Santuário.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.