Notícias

Morre aos 97 anos o padre Rubem Leme Galvão, C.Ss.R.

Pe. Galvão faria aniversário no fim deste mês

Escrito por Redentoristas

13 JUN 2022 - 07H26 (Atualizada em 13 JUN 2022 - 08H37)

Gustavo Cabral/A12

Faleceu na madrugada desta segunda-feira, 13 de junho, no Hospital Frei Galvão, em Guaratinguetá (SP), o decano redentorista Pe. Rubem Leme Galvão, C.Ss.R.

Nascido em Lavrinhas (SP) em 27 de junho de 1924, Pe. Galvão completaria 98 anos de idade no fim deste mês. Fez sua Profissão Perpétua em 12 de fevereiro de 1947, tendo sido ordenado diácono em 14 de março de 1948 e tendo sua ordenação presbiteral no mesmo ano, em 02 de outubro.

Seus estudos de Filosofia e de Teologia se realizaram no Seminário Maior Santa Teresinha, em Tietê (SP), tendo iniciado suas atividades pastorais no Santuário Nacional de Aparecida em 1949.

Leia MaisPadre Galvão fala do empenho da Rádio Aparecida ao abordar dimensão social da féEm 1950 e 1951, foi professor no Seminário Maior Santa Teresinha, em Tietê (SP), onde também cuidou da construção da igreja. Em 1952, fez o segundo noviciado em Pindamonhangaba (SP).

Entre 1952 e 1955, trabalhou nas Missões Populares, residindo em Araraquara (SP). 

De 1956 a 1965, trabalhou como radialista da recém-fundada Rádio Aparecida, da qual foi o terceiro diretor, destacando-se e obtendo fama nacional através do programa “MARRETA NA BIGORNA”A partir de 1966, dedicou-se novamente à pregação das Missões Populares.

Escreveu pela Editora Santuário os livros “Fatos Pitorescos das Missões Redentoristas” e “Quatro pneus cheios e um coração vazio”.

Padre Galvão recebeu de Deus o dom e carisma de evangelizar com firme e agradável voz, com palavras fluentes e cativantes, que fizeram dele um exímio conferencista e um pregador zeloso que comovia os corações. Em entrevista ao Jornal Santuário, em 2014, Pe. Galvão fez uma síntese daquilo que esperava para seu futuro na Congregação:

"Por intercessão da Rainha dos Apóstolos e Mãe do Sumo e Eterno Sacerdote, o Senhor da Messe, mande muitos e santos operários para a vinha.

Que as Províncias não se esqueçam do grito angustiante do nosso Santo Fundador, quando ofereceram aos redentoristas a Igreja Del Gesu em Roma: “Que iríamos fazer lá? Não seríamos carne, nem peixe. O dia em que deixarmos de pregar as missões, será a morte da congregação”.

Por isso, quanto a mim, se Deus não dispuser algo diferente, quero morrer nas missões. Mãe da Perseverança, rogai por nós!"


add_box A Missa de Exéquias será celebrada às 16h, no Santuário Nacional de Aparecida, com transmissão pelo Aparecida ao Vivo, e sepultamento em seguida.


:: Confira também a mais recente entrevista de Pe. Galvão, concedida ao A12 em maio deste ano:

:: Pe. Rubem Leme Galvão fala sobre o trabalho evangelizador das Missões Redentoristas


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.