Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 12 MAI 2020 - 16H30

O que a Virgem Maria ensina diante do sofrimento

Que Maria é um grande exemplo para toda a Igreja e também para a humanidade ninguém duvida. Até mesmo pessoas não cristãs, admiram a vida de Nossa Senhora e a respeitam por tudo o que ela representa.

Segundo a tradição, a Virgem Maria tinha em torno de 15 anos quando o Anjo anunciou que ela era a escolhida para ser a Mãe do Salvador. Ali, diante daquele dom imenso apresentado por Deus, e também de uma grande responsabilidade, Nossa Senhora não hesitou em responder: “Eis-me aqui!”.

Shutterstock.
Shutterstock.
Maria se manteve unida a seu Filho até o fim.


:: A devoção mariana dos Missionários Redentoristas

O padre Domingos Sávio, missionário redentorista, listou duas atitudes de Maria diante do sofrimento, especialmente, diante da crucifixão de seu filho Jesus. Agora, tente se imaginar diante daquela cena e compreender esses gestos de Nossa Senhora.

Primeira atitude

Nossa Senhora teve como missão fundamental ajudar Jesus a carregar a cruz dele, mas ela não carregou a cruz. Como nossa Mãe, ela nos ama como amou Jesus. Nesse sentido, ela não vai tirar as nossas dores e cruzes, ela vai nos dar forças para carregarmos a nossa própria cruz.

Maria nos ensina como passar pelos momentos de sofrimento, pois sem cruz não há salvação. A salvação passa pela cruz.

:: A Virgem Maria segundo Santo Afonso

Segunda atitude

Na cruz, Maria teria tudo para ficar desesperada, mas Nossa Senhora foi fiel a Deus. Maria se colocou a total disposição de Jesus e não teve momentos de desânimo. Nesse sentido, ela é um modelo de Mãe para nós, sobretudo nos momentos mais difíceis, porque ela esteve ao lado de Jesus dizendo para Ele seguir em frente, sabendo que pertenciam a Deus, até as últimas consequências.

Nossa Senhora nunca perdeu a fé, ela tinha certeza de sua missão, sabia que Jesus iria enfrentar momentos difíceis, e se manteve firme e serena.

Estas atitudes de Maria não significam que ela não sofreu. São Boaventura diz que Maria estava como que sendo crucificada junto com Cristo. Aprendamos mais com a força e a fidelidade de Maria. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.