Por Pe. Inácio de Medeiros, C.Ss.R Em Palavra Redentorista

O mistério da encarnação de Jesus

O fim do ano chegou e mais uma vez somos convidados a mergulhar no mistério da Encarnação do Verbo de Deus. Uma vez mais chegou o tempo de contemplarmos o mistério que nos traz o presépio e suas míticas figuras de José, Maria e do Menino.

Shutterstock
Shutterstock
Na simplicidade da manjedoura de Belém somos chamados a mergulhar no mistério de nossa humanidade.


De novo nós olhamos para uma cena de grande humildade e singeleza, e ali somos desafiados a mergulhar no mistério de nossa humanidade, a partir de Jesus Cristo, o Deus que se faz homem.

:: Espiritualidade do advento e a preparação para o Natal

O mistério da encarnação, tão presente na Espiritualidade Redentorista, leva-nos a entender a nossa própria existência, em que a cruz completa o presépio. Centralizemos nossa atenção no mistério do amor de Deus que sai de sua onipotência, por desejar ser gente como a gente, graças à sua eterna compaixão pela humanidade. Deus encarna-se totalmente em seu Filho Jesus que passa a ser a expressão viva do amor infinito de Deus pela humanidade.

Leia MaisSanto Afonso e o Natal Mais uma vez é NatalOuça o canto de Natal mais famoso da Itália, composto por Santo Afonso

Sua entrega total se faz ao assumir a nossa existência, menos o pecado, chegando depois à morte de Cruz como expressão desta entrega infinita.

Pela encarnação, Deus penetra a realidade total da existência humana de sua concepção e nascimento até a morte, como um ser humano qualquer. Jesus aniquila-se em sua divindade, fazendo-se pobre e necessitado da atenção e do carinho humano. Na oração do Ângelus, nós rezamos assim: “E o Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós”.

:: Veja atitudes para fazer durante o tempo do Advento 

Pela encarnação o divino e o humano se encontram e tudo se recompõe de acordo com a graça de Deus, que havia sido perdida por causa do pecado. Quando você organizar o presépio em sua casa ou na capela de sua comunidade, recorde-se que o presépio condensa os ensinamentos e as lições que não podem ser substituídas nem mesmo pelos sofisticados conhecimentos humanos. Se o presépio é a expressão do amor maior de Deus por nós, como cristãos precisamos ser também pessoas encarnadas, repetindo pelo nosso ser e pelo nosso agir a ação de Jesus no mundo.


Escrito por
Pe. Inácio de Medeiros, C.Ss.R. (Arquivo redentorista)
Pe. Inácio de Medeiros, C.Ss.R

Redentorista da Província de São Paulo, graduado em História da Igreja pela Universidade Gregoriana de Roma, já trabalha nessa área há muitos anos, tendo lecionado em diversos institutos. Atua na área de comunicação, sendo responsável pela comunicação institucional e missionária da Província de São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. José Inácio Medeiros, C.Ss.R. , em Palavra Redentorista

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.