Notícias

Dia mundial das missões lembra a importância de evangelizar

É missão da Igreja evangelizar o mundo dando testemunho de Cristo

Escrito por Secretariado Vocacional Redentorista

03 OUT 2022 - 11H15 (Atualizada em 03 OUT 2022 - 13H33)

A12

Outubro é o mês das Missões, tempo em que a Igreja deve lembrar a cada um de nós que é missão de todo batizado ser evangelizador. Ser cristão é viver em comunhão com Cristo e a Igreja. O Batismo nos faz membros do Corpo de Cristo, e assim, participantes de Sua Missão de salvar o mundo, levando-o para Deus, por meio da vivência dos ensinamentos de Jesus.

A partir de hoje iniciamos a série Coração Missionário, textos escritos por pessoas que dedicam suas vidas a missão pelo mundo, que se colocam diariamente a serviço da evangelização. Para começar, trazemos a reflexão do Papa Francisco para o dia Mundial das Missões.

Em sua mensagem, o Papa baseia-se no livro de Atos dos apóstolos: “Sereis minhas testemunhas”. Estas palavras, segundo ele, encontram-se na última conversa de Jesus ressuscitado com os seus discípulos antes de subir ao céu, como se descreve nos Atos dos Apóstolos (At 1, 8): “Recebereis a força do Espírito Santo, que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, por toda a Judeia e Samaria e até aos confins do mundo”.

Esse versículo nos ajuda a entender o fato de a Igreja ser, por sua natureza, missionária. E para aprofundar na reflexão, o Papa Francisco nos convida a debruçar em três expressões-chave que resumem os três alicerces da vida e da missão dos discípulos.

O primeiro — “Sereis minhas testemunhas”.

Leia MaisComo posso ser missionário?Nos mês das missões, entenda o que é ser missionárioÉ um chamado de todos os cristãos testemunhar a Cristo, que é o ponto central, o coração do ensinamento de Jesus aos discípulos em ordem à sua missão no mundo. Todos os discípulos serão testemunhas de Jesus, graças ao Espírito Santo que vão receber (cf. Jo 20, 21) e, enquanto tal, a sua “Testemunha fiel” (Ap 1, 5), todo o cristão é chamado a ser missionário e testemunha de Cristo.

Assim, a identidade da Igreja que é evangelizar. Se pararmos para pensar em alguns aspectos apontados nas Sagradas Escritas, a missão confiada por Cristo aos discípulos é: “Sereis minhas testemunhas”. Todo o batizado é chamado à missão na Igreja e por mandato da Igreja, por isso, a missão realiza-se em conjunto, não individualmente e nem por iniciativa própria como ensina São Paulo VI na Exortação apostólica Evangelii nuntiandi.

"Evangelizar não é, para quem quer que seja, um ato individual e isolado, mas profundamente eclesial. Assim, quando o mais obscuro dos pregadores, no rincão mais remoto prega o Evangelho, reúne a sua pequena comunidade mesmo sozinho, ele perfaz um ato de Igreja [...] (n.º 60)."

Desse modo, não foi por acaso que o Senhor Jesus mandou os seus discípulos em missão dois a dois; o testemunho prestado pelos cristãos a Cristo tem caráter sobretudo comunitário. Daí a importância essencial da presença duma comunidade, mesmo que pequena, na realização da missão. Entre outros aspectos apontados neste primeiro alicerce, destaca que neste caminhar junto, um serve ao outro. 

Vatican Media
Vatican Media


O segundo — Papa Francisco destaca: A atualidade perene duma missão de evangelização universal — “Até aos confins do mundo”.

Ao exortar os discípulos a serem as suas testemunhas, o Senhor ressuscitado anuncia aonde são enviados: “Em Jerusalém, por toda a Judeia e Samaria e até aos confins do mundo” (At 1, 8), emergindo claramente o caráter universal da missão dos discípulos. Assim, coloca em destaque o movimento geográfico — desde Jerusalém – considerada pela tradição judaica como centro do mundo – à Judeia e Samaria, e até aos extremos confins do mundo mostrando a imagem da Igreja em saída para cumprir a sua vocação (cf. At 8, 1.4).

A indicação, diz o texto, até aos confins do mundo, destaca que deverá interpelar os discípulos de Jesus de cada tempo, impelindo-os sempre a ir mais além para levar o testemunho d’Ele. E continua dizendo: a Igreja de Cristo sempre esteve, está e estará em saída rumo aos novos horizontes como nos ensinou o Concílio Vaticano II, citando o decreto Ad Gentes, sobre a atividade missionária da Igreja, para dizer que terá sempre de ir mais longe para testemunhar a todos o amor de Cristo. Por fim, o último alicerce.

 — “Recebereis a força do Espírito Santo”.

Deixar-se sempre fortalecer e guiar pelo Espírito. Ao anunciar aos discípulos, a missão de serem suas testemunhas, Cristo ressuscitado prometeu também a graça para uma tão grande responsabilidade (cf. At 1, 8)O Espírito Santo fortaleceu os discípulos, dando coragem e sabedoria para que eles pudessem testemunhar Cristo diante de todos (Cf. 1 Cor 12, 3).

Reprodução: Vatican News
Reprodução: Vatican News


Em um tom catequético, o Papa lembra: nenhum cristão poderá dar testemunho pleno e genuíno de Cristo Senhor sem a inspiração e a ajuda do Espírito. Por isso, cada discípulo missionário de Cristo é chamado a reconhecer a importância fundamental da ação do Espírito, a viver com Ele no dia a dia e a receber constantemente força e inspiração d'Ele.

Quando nos sentirmos cansados, desmotivados, perdidos, lembremo-nos de recorrer ao Espírito Santo na oração para nos deixarmos restaurar e fortalecer por Ele, fonte divina inesgotável de novas energias e da alegria de partilhar com os outros a vida de Cristo. Assim, o Espírito é o verdadeiro protagonista da missão: é Ele quem dá a palavra certa no momento justo e sob a devida forma.

Destacando em seguida a ação do Espírito Santo na vida universal da Igreja, suas Instituições; e também sua ação na vida de homens e mulheres simples para missões extraordinárias. E com o mesmo desejo de Moisés para o povo de Deus em caminho ao deserto (cf. Nm 11, 29),  que todos sejamos na Igreja o que já somos em virtude do Batismo: profetas, testemunhas, missionários do Senhor!

Fale conosco e venha ser um missionário


Fonte: www.vatican.va/content/francesco/pt/messages/missions/documents/20220106-giornata-missionaria.html

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Secretariado Vocacional Redentorista, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.