Por Thamara Gomes Em Notícias Atualizada em 15 OUT 2020 - 10H15

Jovens partilham sobre experiência de fé na Festa da Padroeira

Os aspirantes do Seminário Santo Afonso, em Aparecida (SP), tiveram a honra de participar da Novena e Festa da Padroeira no Santuário Nacional.

Junto aos Missionários Redentoristas, os doze formandos da Congregação do Santíssimo Redentor vivenciaram de perto a fé e a devoção do povo brasileiro à Mãe Aparecida, principalmente diante do cenário difícil que o país atravessa.

De 03 a 11 de outubro, os jovens participaram da Novena Solene e, no dia 12, celebraram a Festa de Nossa Senhora Aparecida no Santuário Nacional. Foram privilegiados, já que a participação do público foi restrita devido à pandemia da Covid-19.

arquivo pessoal
arquivo pessoal
Seminaristas participam da missa de encerramento da Festa da Padroeira


:: Descubra quanto custa morar no seminário

Thamara Gomes
Thamara Gomes


Hiago Tadeu da Silva
está no terceiro ano de seminário. O jovem de 17 anos estava acostumado com a rotina de trabalho pastoral no Santuário, realizado sempre aos domingos até o mês de março, e sente que este momento foi um alento para o coração dos seminaristas que estão afastados do contato mais próximo com o povo.


“Na Novena e Festa pudemos ter um contato mais próximo com os fiéis, com os próprios Missionários Redentoristas, com romeiros da Arquidiocese de Aparecida e também com aqueles que nos acompanharam de casa, pelos meios de comunicação. Só a nossa presença ali já era uma atividade pastoral, que a gente não tinha há alguns meses. Nos aproximamos mais do povo em oração e espiritualidade”
.

Thamara Gomes
Thamara Gomes


Natural de Aparecida (SP),
Hyago Henrique Oliveira Alves participou mais uma vez da Novena e Festa da Padroeira, agora como seminarista da Congregação do Santíssimo Redentor. Logo em seu primeiro ano de seminário, o aspirante vivenciou a experiência de uma forma completamente diferente de anos anteriores.

“Desde criança participo na Novena. Minha mãe é muito católica e fui criado nesse meio. Também sempre fiz trabalho pastoral. Antes de ingressar no seminário, eu era acólito e participava também da acolhida. Gosto de estar junto com o povo. Esse ano foi totalmente diferente. Ficou um vazio na Casa da Mãe por não poder acolher todos os romeiros. Mas tudo isso veio também para nos mostrar que é não preciso estar presente de forma física para celebrar e sermos fiéis. É possível fazer isso de casa, na sala, com a família”.

Com a bênção da Mãe Aparecida e cheios de esperança, os jovens seguem firmes na caminhada para concluir mais uma etapa da formação Redentorista em 2020.

Seja um Missionário Redentorista!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Thamara Gomes, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.