Por Matheus Andrade Em Imprensa Atualizada em 11 OUT 2018 - 08H22

Combate ao Trabalho Infantil é destaque no Santuário Nacional

Semana da Criança é iniciativa de órgãos públicos


Polyana Gonzaga/ Portal A12
Polyana Gonzaga/ Portal A12
Missa de Abertura da Semana da Criança

O Santuário Nacional acolhe pela terceira vez a Semana da Criança, uma atividade promovida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15º Região, com seu Comitê Regional de Erradicação do Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem e pelo Ministério Público do Trabalho, por meio da Procuradoria Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas-SP).

A ação, que pretende alertar sobre os malefícios do trabalho infantil, envolverá romeiros em suas campanhas de conscientização, quando visitarem a Basílica entre os dias 10 e 14 de outubro. Tanto crianças, como adultos, devem ser impactados pelo material distribuído.

Dados da Organização Internacional do Trabalho mostram um panorama mundial em que 168 milhões de crianças e adolescentes, entre 5 e 17 anos, estão em situação de trabalho infantil, cerca de 11% da totalidade da população infantil e mais da metade (85 milhões) está envolvida com trabalhos perigosos. No Brasil, cerca de 2,7 milhões de crianças e adolescentes nesta faixa etária encontra-se em situação de trabalho irregular, exercendo atividades proibidas pela lei.

Atividades - A Missa às 9h do dia 10/10 vai marcar o início deste tempo de conscientização, com a distribuição de leques aos devotos. O material, que será entregue no começo da celebração, contém informações sobre a campanha. Ainda neste dia, as crianças que participarem da Novena da Tarde receberão bexigas e serão levadas ao parque de diversões instalado no Santuário Nacional.

No dia 12/10, em que, além de se celebrar Nossa Senhora Aparecida, é comemorado o Dia das Crianças, a Missa das 7h vai marcar a data com a distribuição de cata-ventos aos menores e mais material informativo aos adultos. O encerramento do período de estímulo à percepção desta realidade acontece no dia 14/10, na Missa das 18h, com a leitura de uma Carta das instituições sobre o tema.


Fonte: Santuário Nacional

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Matheus Andrade, em Imprensa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.