Por Santuário Nacional Em Notícias

"A cruz com Jesus é porta de redenção", diz Dom José Chacorowski em romaria ao Santuário

O Santuário Nacional de Aparecida acolhe neste sábado (24) a Romaria da Diocese de Caraguatatuba (SP). Os fiéis e o clero da diocese participaram da missa das 9h, presidida pelo bispo diocesano, Dom José Carlos Chacorowski, que deixou uma reflexão sobre como a fé pode ajudar a comprender o sofrimento e a cruz. 

Diante dos milhares de romeiros e devotos que lotaram a Casa da Mãe Aparecida neste dia, Dom José Carlos salientou a importância de estar no Santuário para louvar a Jesus Cristo e a Nossa Senhora e agradeceu a presença dos fiéis de sua diocese. "Quero saudar com muito carinho o povo da Diocese de Caraguatatuba. Fiquei muito feliz de hoje pela manhã podermos estar aos pés da imagem de Nossa Senhora de Fátima aqui no exterior do Santuário rezando o terço com esses leigos valorosos que Deus concedeu à diocese, permitindo que a Igreja caminhe com muito ardor e com muito zelo missionário.", disse o bispo lembrando também os demais romeiros presentes no Santuário. 

O bispo refletiu sobre a passagem do Evangelho em que Jesus dizia que "o Filho do Homem ia ser entregue nas mãos dos homens" e de como essa informação não foi bem compreendida pelos apóstolos, a ponto deles terem medo de fazer perguntas sobre o que isso representava. "São Lucas diz com todas as palavras que os apóstolos não compreenderam. E nós, também ficamos com medo de fazermos perguntas?", indagou Dom José. 

 

"A cruz sem Jesus destroi, a cruz com Jesus é porta da ressurreição, é porta de redenção", disse o bispo. 

Dom José falou ainda que na Casa da Mãe todos podem encontrar senão todas, mas quase todas as respostas que trazem em seu interior. "Tenha certeza que hoje ela vai responder essas perguntas que nós trazemos em nosso coração, especialmente sobre qual o significado que o sofrimento e a cruz tem para cada um de nós", frisou. 

"Alguns com certeza vieram aqui também por causa do sofrimento e da cruz e também porque Deus já lhes deu a graça de resolverem e de entenderem o quanto foi bom ter enfrentado, assumido e aceitado a cruz que Deus lhe concedeu", acrescentou. 

"No mundo de hoje existe o sofrimento, existe a cruz, que é permitida por Deus. Evidentemente, Deus não quer que a gente acrescente mais atravéz de nossos pecados, de nossos vícios, de nossas fraquezas e limitações. Nós muitas vezes aumentamos enormemente o peso dessa cruz e aí já não está a vontade de Deus", exortou o bispo. "A cruz passa a ser então destruidora. A cruz sem Jesus destroi, a cruz com Jesus é porta da ressurreição, é porta de redenção", enfatizou. 

"Peçamos a Mãe que esta palavra do Evangelho tire os nossos medos, as nossas incertezas e inseguranças e faça-nos entender o objetivo da nossa dor e do nosso sofrimento", finalizou. 

A celebração também contou com a presença da Romaria da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, de São Paulo (SP), da Paróquia Nossa Senhora de Fátima de São José do Rio Preto (SP) e do Grupo de Catequese da Paróquia Santa Ana de Limeira (SP). 

Fim de semana movimentado - O Santuário Nacional recebe neste fim de semana cerca de 250 mil romeiros vindos de várias localidades de todo o país. Veja no calendário as demais romarias que visitam o Santuário neste sábado e domingo. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Santuário Nacional, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.