Por Tatiana Bettoni Em Notícias

Em ano de Copa, Santuário Nacional foca em peregrinos estrangeiros

 

Foto de: A12

Jovens estrangeiros durante a Semana Missionária
no Santuário Nacional (julho/2013)

Após divulgar o recorde de público atingido em 2013, o Santuário Nacional planeja as ações pastorais de 2014. As tradicionais romarias já estão confirmadas, mas para o reitor, padre Domingos Sávio, não há comodismo; os desafios crescem a cada ano: “Nossa responsabilidade só aumenta, porque a maioria vem até nós com muito esforço, como as romarias a pé, por exemplo. E todos têm o direito de serem bem acolhidos na Casa da Mãe.” A maior parte dos 11.856.705 visitantes é de brasileiros, mas o maior Santuário Mariano do mundo se destaca também no acolhimento a estrangeiros.

Eventos realizados nos últimos anos projetaram a cidade de Aparecida (SP) para o mundo, como a V Conferência Episcopal Latino-americana (Celam), em 2007, que contou com a presença do Papa Bento XVI, e, mais recentemente, a Jornada Mundial da Juventude, que trouxe milhares de jovens e o Papa Francisco para uma visita especial à Padroeira do Brasil. Agora, o reitor prevê que a Copa do Mundo e as Olimpíadas de 2016 serão ocasiões propícias para que estrangeiros torcedores tornem-se também romeiros de Nossa Senhora, principalmente aqueles que assistirão aos jogos em São Paulo e Rio de Janeiro.

“Aparecida está se tornando um centro internacional de peregrinação. A maior dificuldade, claro, é a distância, estamos na América Latina e não na Europa, mas isso está mudando. Os que estiveram no Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, aproveitaram para vir até Aparecida. Claro que é diferente, porque a Copa não é um evento religioso, mas acreditamos que muitos, sendo católicos, não perderão a oportunidade de conhecer o Santuário Nacional.”, avalia.

Foto de: A12

Padre Domingos Sávio, reitor do 
Santuário Nacional de Aparecida

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) planeja fomentar, em 2014, o Santuário de Nacional como destino mundial de peregrinação, em parceria com a Arquidiocese de Aparecida. No que depender de infraestrutura, padre Domingos afirma que o Santuário deve melhorar ainda mais a qualidade dos serviços prestados:

“Muitos de nossos colaboradores estudam línguas para melhor atender os peregrinos estrangeiros. O Hotel Rainha do Brasil, inaugurado em 2012, foi planejado visando também o fluxo da Copa do Mundo. E sabemos que, de agora em diante, o movimento só tende a aumentar”.

Leia também: Santuário Nacional bate recorde de movimento em 2013

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Tatiana Bettoni, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.