Por Tatiana Bettoni Em Notícias

Pescadores pedem intercessão da Padroeira do Brasil pela regularização de territórios

 

Cerca de 300 homens e mulheres que dependem da pesca para sobreviver participaram da santa missa das 9h, nesta sexta-feira, no Santuário Nacional de Aparecida. O grupo faz parte do Movimento de Pescadores e Pescadoras Artesanais do Brasil (MPP) e reúne-se em Aparecida (SP) até domingo (31) para a coleta de assinaturas em prol da Campanha Nacional pela Regularização do Território das Comunidades Tradicionais Pesqueiras.

“Hoje, estamos vivendo em um país cujo desenvolvimento cruel vem massacrando as comunidades tradicionais pesqueiras. (...) As grandes empresas querem praticamente acabar com as comunidades tradicionais. Por isso, fomos obrigados a fazer um Projeto de Lei de Iniciativa Popular pela garantia do território pesqueiro”, disse Manoel Bueno dos Santos (Nego da Pesca), morador de Serra (ES), que integra a Associação de Pescadores de Jacaraípe e é um dos líderes Movimento de Pescadores e Pescadoras do Brasil.

Foto de: Portal A12

Coleta de assinaturas - território pesqueiro

Coleta de assinaturas no Santuário Nacional.

De acordo com o representante, a expectativa é colher neste final de semana um número maior do que as oito mil assinaturas recolhidas em outubro de 2014, durante a Festa da Padroeira do Brasil. “Todos nós pescadores somos devotos de Nossa Senhora Aparecida. Sentimos que aqui é nossa casa e onde devemos participar e buscar apoio”, explica.

Para que o projeto possa ser encaminhado ao Congresso Nacional, é preciso a assinatura de 1% do eleitorado brasileiro (1.4 milhão). Cerca de 500 mil foram colhidas até agora. Acesse aqui o abaixo-assinado.

Missa - A 2ª Romaria de pescadores e pescadoras assistiu à celebração presidida pelo Missionário Redentorista padre Cláudio Anselmo Santos da Silva. Após a leitura da liturgia diária, o celebrante dirigiu-se aos pescadores, pedindo que estes homens e mulheres feridos na dignidade do trabalho, escravizados pela ganância do dinheiro, não desanimem, mas que sejam fiéis à justiça que Deus convoca.

Antes da Consagração a Nossa Senhora, o jovem João Paulo leu uma mensagem sobre o encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida por três pescadores em 1717, pedindo as bênçãos da Mãe a todo o território pesqueiro.

Leia também: Romaria de pescadores coleta assinaturas pela regularização de territórios pesqueiros

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Tatiana Bettoni, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.