Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias

Santuário de Aparecida inaugura obra com forte apelo ambiental

Neste dia 1º de março, Quarta-feira de Cinzas, a Igreja dá início à Quaresma e à Campanha da Fraternidade e, nessa data, o Santuário Nacional de Aparecida inaugura a obra de revestimento do baldaquino, que traz em suas quatro colunas a representação dos biomas brasileiros.

A obra que teve início em 2012 denota plena sintonia com a reflexão da Campanha da Fraternidade 2017, que tem por tema ‘Fraternidade – biomas brasileiros e defesa da vida’ e lema ‘Cultivar e guardar a criação’ (Gn 2,15).

Monumento de rara beleza, o baldaquino representa em seus quatro painéis tudo o que foi criado por Deus: a fauna, a flora e sua maior obra, o ser humano, em diversas fases de desenvolvimento.

Abertura da Campanha da Fraternidade, Cinzas e inauguração do Baldaquino (Foto Thiago Leon)

O ato inaugural ocorreu na Celebração Eucarística das 9h, na presença do arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, do reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida, e diversos Missionários Redentoristas responsáveis pela administração da Basílica.

Segundo o ecônomo do Santuário Nacional, padre Daniel Antônio, a inauguração do baldaquino prepara o coração dos devotos para a grande inauguração da Cúpula Central em outubro deste ano.

“Hoje nós inauguramos os quatro painéis que fazem parte do baldaquino. Esta obra que é composta pela Cúpula Central, o capitel que separa a Cúpula desses painéis e as colunas. Mas o grande momento que esperamos e estamos nos preparando é para outubro desse ano. Teremos a Novena do dia primeiro ao dia nove, que é uma novidade, e depois, celebraremos uma grande festividade dos 300 anos com três dias de festa, nos dias 10, 11 e 12, sendo que no dia 11 faremos a inauguração da grande Cúpula, coroando a Basílica e, assim fechamos com chave de ouro esse Jubileu”, disse ao A12.com.

Na missa, Dom Orlando Brandes recordou o que a Igreja deseja viver no período quaresmal e como cada cristão deve entender o apelo da Campanha da Fraternidade.

“A Quaresma é uma nova vida, mas a gente precisa também caminhar na estrada certa e chegar ao rumo certo. E não há melhor convite do que esse: voltar ao amor original, voltar ao primeiro amor, voltar a Jesus Redentor. Porque a Quaresma já é uma Páscoa, já estamos sepultando o pecado e já estamos ressuscitando”, afirmou durante a homilia. “Desejo que esta Campanha da Fraternidade nos ajude a contemplar os pássaros do céu e as flores, mas também a cuidar e tomar decisões bem práticas, até pequeninas, mas com um grande valor. É hora da Campanha da Fraternidade!”, acrescentou.

:: Especial Grandes Obras - Baldaquino do Santuário Nacional de Aparecida

A obra de revestimento do baldaquino é um dos marcos da comemoração dos 300 anos e um dos presentes dos devotos da Mãe Aparecida no Jubileu Tricentenário.

Assinado pelo artista plástico Cláudio Pastro, falecido em outubro de 2016, o projeto representa a rica biodiversidade brasileira e evidencia a grande Criação que se manifesta para adorar o Senhor no Altar da Consagração. 

Estão vinculados a esse projeto, a Orsoni Esmaltes Venezianos, em Veneza, na Itália, que produziu a matéria prima para o mosaico e a Fruil Mosaic, um ateliê italiano gerido pela família de William Bertoja; família de raiz profundamente católica, responsável pela colocação dos mosaicos. 

Veja fotos da celebração de inauguração:

4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.