Por Rita de Sá Freire Em Artigos

A INTERCESSÃO DE MARIA NA HISTÓRIA DA IGREJA (Parte III)

 

imaculada_16

5 - MARIA SEGUNDO AUTORES DA IGREJA CATÓLICA

Quanto ao papel da Virgem Maria no Plano da Salvação, podemos destacar os ensinamentos de nossos Santos: 

a) São Padre Pio 

Quando lhe perguntavam qual era o papel de Nossa Senhora no plano divino da salvação, o Padre Pio respondia, dizendo que “todas as graças dadas por Deus passam pela sua Bem-Aventurada Mãe.” Foi com este fundamento que celebrava a Missa da Imaculada Conceição quase todos os dias, na última década da sua vida terrena. Foi citado como tendo dito de Nossa Senhora que Ela “acompanha-me ao altar e fica ao meu lado enquanto celebro a Santa Missa.”

b) São Maximiliano Kolbe

Toda a graça de Deus chega até nós através da intercessão de Maria. Este é o “descendente “ na ordem da graça. Há um correspondente “ascendente” da ordem, Maria é nosso meio para ir a Deus: “ Não tenha dúvida de que sua vontade é totalmente unida à vontade de Deus. Trata-se, então, de unir nossa vontade à sua. E assim, estaremos unidos a Deus através Dela.”

c) Santo Tomás de Aquino

O Senhor não habita da mesma maneira com a Bem-aventurada Virgem e com os Anjos. Deus está com Maria, como seu Filho; com os Anjos, Deus habita como Senhor.

d) Santo Agostinho

“O fato de ser Mãe de Cristo traz à Maria lugar único no mistério da redenção, já que por meio dela é que veio ao mundo o Salvador. Essa cooperação na obra da Salvação faz de Maria, espiritualmente, a Mãe de todos os homens.”

e) São Luis Maria Grignon de Monfort

“Foi pela Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo e é também por Ela que deve reinar no mundo.

f) Bem Aventurado João Paulo II

Da Carta encíclica Redemptoris Mater sobre a Bem- Aventurada Virgem Maria na vida da Igreja que está a caminho:

A MÃE DO REDENTOR tem um lugar bem preciso no plano da salvação, porque, “ao chegar a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido duma mulher, nascido sob a Lei, a fim de resgatar os que estavam sujeitos à Lei e para que nós recebêssemos a adoção de filhos. E porque vós sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: “Abbá! Pai!”" (Gál 4, 4-6).”

g) Papa Bento XVI

A busca pela intercessão de Maria é “natural”: É devido aos abundantes dons de graça que nós a honramos, e é com base na íntima ligação com seu Filho Divino que nós, de maneira natural, buscamos sua intercessão por nossas necessidades e as do mundo todo.

h) Santo Alberto Magno

“Maria companheira na paixão tornou-se cooperadora na redenção”.

6 - MARIA, A ONIPOTÊNCIA SUPLICANTE

Em meu livro “Mensagem de Nossa Senhora de Fátima: O Plano Divino de Paz e Salvação” destaco a importância de Maria para a humanidade. Como Deus quer salvar o mundo e santificar as almas, Ele vale-se de Maria como instrumento de intercessão: Ela que é a Onipotência Suplicante, o templo da Santíssima Trindade. Podemos observar quantos pecadores por Ela se arrependem e se convertem, quantos santos devem a Ela a sua santidade e quantas graças tem dispensado aos que n’Ela confiam.

Podemos dizer que as aparições de Fátima são o anúncio do amor misericordioso e infinito de Deus pelos homens, manifestado através do amor bondoso e maternal de Nossa Senhora.

A Virgem Maria, como Mãe zelosa e carinhosa, quer proteger seus filhos. Por essa razão, desceu do Céu para alertá-los sobre os riscos de continuarem no caminho do pecado e interceder por nós junto a Deus.

Por isso, recorramos a Maria em todas as nossas necessidades, Ela que é a onipotência suplicante, cuja função é nos levar a Jesus e engrandecê-Lo.

Maria, a Filha predileta do Pai, a Mãe de Jesus e a Esposa do Espírito Santo! Templo da Santíssima Trindade!

Fontes Consultadas:

- Agostinho, Santo, Bispo de Hipona, 354-430. A Virgem Maria: cem textos marianos com comentários. Tradução Nair de Assis Oliveira – São Paulo: Paulus, 4 edição 2007.

- Bíblia Sagrada – Edição Pastoral  – Sociedade Bíblica Católica Internacional e Paulus – 1990.

- Constituição Dogmática Lumen Gentium sobre A Igreja- Vaticano- Concílio Vaticano II – 21 de novembro 1964.

- Carta encíclica Redemptoris Mater do Sumo Pontífice João Paulo II sobre à Bem Aventurada Virgem Maria na vida da Igreja que está a caminho – Roma, 25 de Março de 1987

- Catecismo da Igreja Católica Compêndio – Edição Típica Vaticana- Edições Loyola, São Paulo, Brasil, 2000.

- SÁ FREIRE, Rita de Cássia Pinho França de – Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos Títulos, orações e devoções –– Ed. Petrus, São Paulo, 2010.

- SÁ FREIRE, Rita de – Mensagem de Nossa Senhora de Fátima: O plano Divino e Paz e Salvação – Ed. Petrus, São Paulo, 2011.

Rita de Sá Freire

Associada da Academia Marial de Aparecida

 

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rita de Sá Freire, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.