Por Lina Boff Em Artigos Atualizada em 23 OUT 2017 - 08H34

Maria de Nazaré: A Mulher que faz os caminhos Judeus-cristãos



Partindo da nossa realidade

Como se apresentam tais caminhos nesse momento histórico? Partamos da realidade de hoje: de Norte a Sul do Brasil católico, nosso povo vive como experiência de fé e de aprofundamento dessa fé, datas que celebram acontecimentos marcados pela presença feminina de uma Mulher - Maria de Nazaré, judia como todas as outras de seu tempo, esposa de José da descendência de Davi, segundo as Sagradas Escrituras e Mãe do Messias que Israel esperava como Libertador e Salvador de seu povo.

No Brasil, chamamos este ano de Ano Mariano pelo fato de celebrarmos datas referentes a esta Mulher que fez e continua fazendo os caminhos do Cristianismo junto com os povos das diferentes culturas e de diferentes ritos religiosos de culto e veneração. Celebramos neste ano Maria de Nazaré com estes nomes:

* Nossa Senhora da Conceição Aparecida em seu terceiro Centenário do Encontro da Santa nas águas do Rio Paraíba

* Nossa Senhora de Fátima-Portugal em seu primeiro centenário das aparições

* A primeira década da Conferência Episcopal Latino-americana e Caribenha que também fala desta Mulher – Maria de Nazaré – nos caminhos do cristianismo vivido pelos povos do nosso Continente.

 As três datas celebrativas atualizam a presença de Maria de Nazaré ao longo dos milênios e séculos da pregação deixada por Jesus. As pessoas que o seguiram e creram na sua mensagem, apresentaram a Mãe do pregador Jesus como simples mulher judia de seu tempo. É o que vamos ver.

Continue lendo - Baixe aqui

Artigo de Ir. Lina Boff
professora emérita da PUC-Rio 
Membro da Academia Marial

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Lina Boff, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.