Por Academia Marial Em Artigos Atualizada em 06 MAI 2021 - 11H46

Inculturação nas imagens marianas

Nas diversas imagens criadas pelos artistas durante estes dois milênios do cristianismo, foi nas obras marianas que ocorreram as maiores mudanças iconográficas. Elementos foram colocados nas imagens da mãe de Jesus fazendo com que a maioria das características físicas fossem completamente diferentes umas das outras.

São estes detalhes físicos ou das roupas, dos adornos, cores e formatos influenciados pela cultura onde foram criadas, que se tornam determinantes para que uma imagem tenha elementos de inculturação, isto é, carregam significados familiares para os devotos.

Academia Marial de Aparecida
Academia Marial de Aparecida



arrow_forward Conheça a exposição: 'Maria, Senhora de tantos nomes, Mãe de todos os povos'

Algumas imagens marianas são mais conhecidas e por isso, influenciaram outros artistas dando continuidade a elementos que se tornam comuns em um numero representativo de criações. Lembrando que sempre são manifestações de fatores históricos e culturais que o povo, e claro, o artista, estavam vivendo naquele momento. Tudo passa a ser transferido e manifestado nas imagens, sejam através de histórias, devoções, angústias, medos e alegrias. Estas características aproximam o povo do Divino, sua fé e crença se concretizam e os auxiliam na caminhada cristã.

Maria, se manifesta sempre com seu amor e proximidade com seus filhos. A inculturação acentua este contato em diferentes manifestações, por exemplo, quando as imagens são semelhantes ao povo temos: Ela é nossa mãe então somos parecidos”, enfatizando que há semelhanças entre mãe e filhos. Outro sentido devocional é o oposto, onde estes elementos de inculturação, que podem estar no físico ou nas vestimentas, são totalmente contrários as características dos devotos locais, explicados assim, pelo sentido de que se “Maria é divina, ela é diferente de nós”.

Então, a inculturação nas imagens marianas tem diversas formas de se manifestar, mas sempre carregam o desejo do povo de cuidar, zelar e amar aquela que foi amada primeiro pelo Pai e escolhida para ser a Mãe de Seu filho. Os detalhes expressados nas imagens, mesmo que diferentes e não orientados por regras universais, manifestam sim, uma fé cristocêntrica pois o povo cuida daquela que foi primeiro cuidada por Deus e em vida, nos pés da cruz, cuidada por seu filho que a entregou aos cuidados do discípulo amado. Assim, o povo continua cuidando da Mãe de Jesus e sendo cuidado por Ela.

Mari Bueno
Artista Sacra
Associada da Academia Marial de Aparecida
Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.