Palavra do Associado

Nossa Senhora da Piedade – “Piedosa Senhora das Dores”

Escrito por Academia Marial

18 MAR 2022 - 08H07 (Atualizada em 18 MAR 2022 - 08H33)


Aparecida do Brasil Lembranças de Fé
Aparecida do Brasil Lembranças de Fé
Obra: Leo Caetano

Título: Nossa Senhora da Piedade – “Piedosa Senhora das Dores”.

Padroeira: Minas Gerais

Festa: 15 de Setembro

No século XVI, as terras que hoje denominamos de Minas Gerais foi desbravada pelos bandeirantes na busca incansável pelo ouro e pedras preciosas. As capitanias de São Paulo e Minas teve sua criação em 1709 e desmembrada após onze anos de união e cada estado ficando com uma capitania. No século XVIII as terras de Minas Gerais era um importante centro econômico para Portugal que desenvolveu uma rígida arrecadação dos impostos. “Essa rigidez desencadeou o movimento político conhecido como Inconfidência Mineira que teve como principal personagem Joaquim José da Silva Xavier – Tiradentes. A mineração na economia do estado inibiu outras atividades, fazendo com que a cafeicultura só fosse introduzida no século XIX. O café logo tornou-se a principal atividade da província, trazendo um surto de prosperidade. A primeira vila do estado foi Mariana, hoje município mineiro, sendo habitada primeiramente em 1696 e elevada à cidade somente em 1745 por ordem do rei Dom João V”.¹

O estado de Minas Gerais é rico em belezas naturais e guarda uma das Serras mais importantes na Fé e na Devoção do povo mineiro, a Serra da Piedade. Foi nesta Serra que os irmãos portugueses Antônio da Silva Bracarena e Lourenço que foi o fundador do Colégio do Caraça, chegaram por volta do século XVIII. Os irmãos teriam chego naquela região fugindo das perseguições empreendidas pelo Marquês de Pombal contra os jesuítas e alguns nobres da Lusitânia. Antônio da Silva Bracarena era arquiteto e prometeu a Virgem Santíssima construir uma igreja em sua homenagem se ficasse livre da perseguição. Refugiando-se em Vila Nova da Rainha (hoje Caeté) decidiu erigir a Capela no alto da Serra rodeada de nuvens que o mesmo avistara. A decisão de construir a capela na Serra “rodeada de nuvens” confirmou-se quando Bracarena soube de uma suposta aparição da Virgem Maria naquele local. Relatos afirmavam que uma jovem, muda de nascença, teria contemplado por diversas vezes a Virgem Maria com o Filho morto nos braços naquela Serra e após as aparições teria voltado a falar.

Bracarena deu iniciou a edificação da igreja que demorou alguns anos para ficar pronta. Em 1770, a capela foi concluída e a partir de então a Serra passou a ser chamada de Serra da Piedade. O fidalgo mandou vir da cidade do Porto uma imagem de Nossa Senhora da Piedade, de tamanho natural, reprodução em madeira da célebre Pietá de Michelangelo para ocupar o altar-mor da capela. “Localizada na Ermida do Santuário, a imagem de Nossa Senhora da Piedade, magnífica e inspiradora, abençoa Minas e seus peregrinos. Esculpida em madeira (cedro) no século 18, a imagem é atribuída a Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. A representação de Nossa Senhora da Piedade é figurada portando uma auréola de sete estrelas, que simboliza suas sete dores, enfatizadas pela expressão de angústia e tristeza, que geralmente a acompanha”².

O Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, localizado a 48 km da capital mineira e a 16 km do município de Caeté, é um cenário de riquíssima beleza natural, no alto da montanha, a 1746 metros de altitude. Ideal para a reflexão, oração e o encontro com Deus, o Santuário que abriga a Padroeira de Minas Gerais é propício para quem busca a tranquilidade e a beleza da natureza. Do alto do Santuário, em dias claros, é possível ter uma das mais belas vistas das montanhas de Minas. São 360 graus de panorama, com mil e uma facetas da beleza que só a mãe natureza oferece de maneira tão generosa, inspirando a conduta humana. Em dias mais frios e nublados, o espetáculo é ainda mais bonito. Do topo da Serra da Piedade descortina-se uma deslumbrante paisagem do verde das matas subindo e descendo montanhas, de onde avista-se também nove cidades: Belo Horizonte, Caeté, Contagem, Lagoa Santa, Nova União, Raposos, Sabará, Santa Luzia e Vespasiano.³ Em 1956, o Conjunto Arquitetônico e Paisagístico do Santuário da Piedade foi tombado como patrimônio pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

A devoção a Nossa Senhora da Piedade tem sua origem nas Sagradas Escrituras quando a Maria de Nazaré recebe em seus braços o Filho Jesus já morto quando descido da Cruz. A cena foi representada por diversos artistas sacros ao longo dos séculos. O povo de Deus se identificou com o título, pois viu nas dores da Mãe de Deus suas próprias dores. Anualmente centenas de peregrinos visitam a Serra da Piedade em Caeté para pedir a Proteção da Virgem. Tamanha foi à importância que os mineiros e brasileiros de varias partes do país deu ao local que o Papa João XXIII, por meio das Letras Apostólicas “Haeret animia” datado de 20 de novembro de 1958 declarou Nossa Senhora da Piedade como Padroeira do Estado de Minas Gerais.

Vinícius Aparecido de Lima Oliveira
Associado da Academia Marial de Aparecida

Bibliografia:

1. CONTEÚDO aberto. In: IBGE – Minas Gerais - História. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/historico >. Acesso em: 16 nov 2021.
2. CONTEÚDO aberto. In: Arquidiocese de Belo Horizonte - História. Disponível em: < https://santuarionossasenhoradapiedade.arquidiocesebh.org.br/santuario/historia >. Acesso em: 16 nov 2021.
3. CONTEÚDO aberto. In: Arquidiocese de Belo Horizonte - História. Disponível em: < https://santuarionossasenhoradapiedade.arquidiocesebh.org.br/santuario/historia/ >. Acesso em: 16 nov 2021.

Apresentação de Jesus
Artigos

Festa da Apresentação do Senhor

“O Rei da glória é o Senhor onipotente” (Sl 23/24) No próximo dia 2 de fevereiro de 2023, celebramos a Festa da Apresentação do Senhor. Essa celebração acontece 40 dias após o Natal. Esse acontecimento é narrado no capítulo 2 do Evangelho de Lucas.

Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos
Artigos

Mariofanias - Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos

Em meados de 1681 o conde Philipp de Dietrichstein Siegmund fundou ao Norte da Boémia a pequena aldeia de Philippsdorf. Um lugar místico que atrai ao longo dos anos inúmeros fiéis que peregrinam em busca de Maria Santíssima invocada neste local como Auxílio dos Cristãos. Esta aldeia é o berço da fé e da devoção à Mãe de Deus entre os povos Thecos. No longínquo ano de 1835 nascia em Philippsdorf a vidente Madalena Kade. De família humilde, Madalena, ficou órfã muito cedo e por conta de uma série de doenças muito graves vivia sob os cuidados do irmão Joseph. O irmão Joseph além dos muitos cuidados com a irmã, trabalhava arduamente para sustentar a esposa Cecília e os seus cinco filhos.

Nossa Senhora de Knock (1)
Artigos

Mariofanias - Nossa Senhora de Knock

Aprovação: Em 1936 pelo Arcebispo de Tuam. A comissão investigativa do Dr. Gilmartin retorna um veredicto positivo. No condado de County Mayo, Irlanda, situa-se o Santuário Nacional de Knock. Este não foi somente lugar de uma das aparições da Virgem Maria. Videntes afirmam terem visto além da Mãe de Deus; seu castíssimo esposo São José; o Evangelista João e o próprio Filho de Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Palavra do Associado

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.