Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias Atualizada em 04 ABR 2019 - 11H23

Missões chegam a cidade mineira para vencer enfraquecimento da fé

Em São Sebastião da Bela Vista, no Sul de Minas Gerais, a Paróquia de mesmo nome do santo que guarda a história da cidade, embora tenha uma população onde a maioria se diz católica, vivencia um período de enfraquecimento da fé. Diante desse desafio, decidiu promover as Santas Missões Redentoristas e agora, depois de meses de intensos trabalhos, a ação tem seu encerramento marcado para o próximo dia 07 de abril.

“A expectativa pelas Santas Missões é grande. Com certeza será um momento muito forte de evangelização paroquial, para despertar a fé que está adormecida em nosso povo e também para animar o engajamento dos fiéis na vida de comunidade”, disse o pároco, padre Inácio Pires

Arquidiocese Pouso Alegre.
Arquidiocese Pouso Alegre.
Igreja Matriz da Paróquia de São Sebastião. Lugar da missa de encerramento.


:
: Missões e Religiosidade Popular: Fundamentos da Espiritualidade Redentorista

Em dois meses, a Paróquia São Sebastião teve todo o seu território visitado, cerca de 80 lideranças foram formadas para acompanhar os 31 setores missionários, centenas de famílias motivadas a participar de momentos de oração e encontros, e crianças, jovens, casais e toda a gente receberam o anúncio evangelizador querigmático. Tudo para vencer a indiferença, o comodismo e o desânimo e reacender a chama da fé, a esperança cristã e o compromisso com a comunidade.

Cada paróquia que acolhe as Santas Missões Redentoristas é chamada a um processo de conversão e transformação. É o que explica o Missionário Redentorista Padre Ivair da Silva, coordenador das missões na paróquia mineira.

“As Santas Missões são um momento de evangelização que visa a conversão e a vivência comunitária. São meios eficazes de renovação e de revigoramento da vida cristã numa paróquia”, assinala. “Como um trabalho que atende especialmente populações pastoralmente abandonadas, busca responder às urgências pastorais da Igreja e integrar a evangelização a um processo de conscientização crescente para que cada batizado possa assumir a sua missão”, completa padre Ivair.

Os desafios pastorais atuais cobram uma ação missionária vigorosa, transformadora e libertadora. Padre Ivair comenta que após este tempo de intensa evangelização, a paróquia já pode colher seus primeiros frutos.

“O povo de São Sebastião da Bela Vista é simples, piedoso e bondoso e acolheu muito bem a graça da missão. Nós sabemos que a missão é de Deus, e é Ele quem confia essa tarefa e envia seu Espírito para nos conduzir e orientar. E é Ele que vai continuar a frente dos setores missionários da paróquia, fortificando-os na caminhada da perseverança. Já percebemos muitos frutos com as Santas Missões, muitas pessoas voltando para a comunidade, o povo está feliz e acredito que a paróquia continuará sua tarefa”, celebra padre Ivair.

No dia 07 de abril, uma missa na praça em frente da Igreja Matriz vai encerrar a Terceira Fase das Santas Missões, e o levantamento do Cruzeiro Missionário marcará um tempo que não deve ter fim na vida da comunidade.

:: Metas da Missão Continuada

A comunidade é convidada a continuar com o espírito missionário recuperado e incentivado durante as primeiras fases da missão. O tempo da Pós-Missão é necessário para a Nova Evangelização, e nele continuam protagonistas da evangelização o pároco e os coordenadores e auxiliares missionários.

Arquivo.
Arquivo.
Irmão Viveiros anima encontro com crianças.


1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.