Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 13 MAR 2020 - 12H10

Cinco vezes em que o Papa Francisco se dirigiu aos Redentoristas

13 de março ficou marcado como o dia em que foi eleito o Papa Francisco. Neste dia, no Vaticano, ficou conhecido este cardeal latino-americano que disse ter sido tirado “do fim do mundo” para se tornar Papa da Igreja Católica.

Deste dia em diante, pudemos conhecer um Papa muito solidário à dor dos pobres e abandonados, preocupado com as questões ambientais e extremamente humilde e simples em suas atitudes. Mas ele é muito mais do que isso.

Nos anos que se passaram, foram muitas as vezes em que Papa Francisco dirigiu sua palavra ou algum gesto especialmente para a Congregação Redentorista. Vem conferir esses momentos!

Rezou diante do ícone do Perpétuo Socorro

No dia 25 de junho de 2015, numa missa na Casa Santa Marta, o missionário redentorista padre Francisco Javier Caballero foi até o Papa Francisco para falar sobre a comemoração dos 150 anos da entrega do ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro aos Redentoristas. Naquele dia, o padre disse que, ao seu aproximar do Papa e começar a conversar, ele fechou os olhos e tocou o ícone em atitude de oração. Depois desse momento, padre Caballero lembra exatamente o que Francisco pediu e ficou em sua memória:

“Continue a espalhar a devoção ao ícone de Maria… rogai por mim na frente dela… o Senhor te abençoe”.

Reprodução.
Reprodução.


Abençoou ícones que viajaram o mundo

Doze ícones de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que percorreram o mundo a partir do encerramento do Ano Jubilar, em junho de 2016, foram abençoados pelo Papa Francisco. Esses ícones foram enviados para as cinco conferências, que são grandes regiões no mundo com presença de redentoristas e, dali, eles visitaram muitas comunidades.

Reprodução.
Reprodução.


Recordou Santo Afonso

No dia de Santo Afonso, em 1º de agosto de 2017, o Papa Francisco destacou em seu Twitter uma frase para refletir sobre o pensamento de Santo Afonso Maria de Ligório, fundador da Congregação do Santíssimo Redentor.

Santo Afonso escreveu no livro “A prática do Amor a Jesus Cristo” que a melhor forma de retribuir o amor é amando: ‘Quem ama, necessariamente deseja ser amado’. Não se trata de uma barganha ou mesmo de uma dívida de consciência, mas de um profundo desejo de amar Àquele que nos amou por primeiro. Em Deus, aprendemos a gratuidade do amor, que não exige recompensa.

Reprodução
Reprodução


Ganhou medalhas de Nossa Senhora Aparecida

Mais uma vez, o Papa Francisco foi presenteado com uma lembrança do Santuário Nacional de Aparecida. Desta vez, o Pontífice recebeu um conjunto de medalhas comemorativas dos 300 anos, entregue pelo missionário redentorista Padre Valdivino Guimarães. Ele já tinha recebido na visita ao Santuário, em 2013, um cálice.

Pediu olhar esperançoso na celebração do aniversário da Academia Afonsiana

A Congregação do Santíssimo Redentor celebrou, em 2019, os 70 anos da Academia Afonsiana, e em um encontro celebrativo desta data, no dia 09 de fevereiro do mesmo ano, Francisco se encontrou com membros deste instituto, incluindo muitos missionários redentoristas. Na ocasião ele disse:

“A celebração do aniversário de uma instituição como esta não pode se limitar às recordações do que foi feito, mas deve, principalmente, levar a olhar adiante e reencontrar entusiasmo na missão e fazer passos corajosos para responder melhor às expectativas do povo de Deus”.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.