Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 03 OUT 2018 - 09H19

Redentoristas presentes no Sínodo da Juventude

No próximo dia 03 de outubro, o Papa Francisco preside uma solene celebração eucarística na Praça São Pedro, no Vaticano, por ocasião da inauguração da XV Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, que está sendo chamado de Sínodo da JuventudeEntre os participantes, vão estar os seguintes Missionários Redentoristas:

1. Como escolhido pela União dos Superiores Gerais: Padre Michael Brehl, Superior Geral da Congregação;

2. Como membro por Nomeação Pontifícia: Cardeal Joseph William Tobin, Arcebispo de Newark e Superior Geral Emérito da Congregação (Estados Unidos);

3. Como membro da representação da Grã-Bretanha (Inglaterra e País de Gales): Dom Ralph Heskett, bispo de Hallam (Inglaterra);

4. Pelo Sínodo da Igreja greco-católica ucraniana: Dom Bryan J. Bayda, bispo de Saskatoon dos Ucranianos;

5. Como Consultor: Padre Sabatino Majorano, professor Emérito de Teologia Moral Sistemática na Academia Alfonsiana de Roma.

:: Essa é a juventude do Papa - infográfico especial sobre o Sínodo


O Superior Geral da Congregação, padre Michael Brehl, em carta na festa do beato Gastar Stangassinger, lembrou a realização do Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens e sua preparação para este evento: "A preparação para este Sínodo tem sido uma tarefa enorme, que tem gerado um processo de discernimento que, por sua vez, será a base das discussões do Sínodo. Muitos de vocês participarão de uma forma ou outra, e lhes agradeço por isto", assinala o Superior. 

Padre Michael citou ainda os anseios dos jovens. "Através da consulta e do processo pré-sinodal, os jovens pedem uma maior escuta e diálogo dentro da comunidade cristã. Querem participar plenamente da missão evangelizadora da Igreja. Mas para fazer isso, pedem que se escute a sua voz", destaca padre Michael. 

Leia MaisSínodo dos Bispos: à escuta dos jovens Frentes de Trabalho Redentorista: Obras SociaisOs jovens e demais líderes que participaram da preparação deste Sínodo desafiam a Igreja a se tornar uma "comunidade mais autêntica" e que siga o exemplo da "Igreja em Saída", proposta pelo Papa Francisco. E, entre tantos pedidos, como o diálogo sobre suas verdadeiras preocupações - o papel das mulheres na Igreja e na sociedade, a sexualidade e identidade, o compromisso social pelos que vivem marginalizados na pobreza ou na dor, o meio ambiente, os refugiados, presos e desempregados - eles pedem também que a Igreja vivencie uma mudança radical e a conversão necessária para que se tornem reais estes sonhos, e que creiam nas estruturas que sejam práticas e favoreçam a juventude.

"Como membros da Família Redentorista e como missionários chamados a levar a Boa Nova aos pobres, não podemos ficar surdos a esses pedidos. Em muitas partes da Congregação, tive o privilégio de acompanhar a obra evangelizadora que os Redentoristas e os jovens realizam juntos na missão".

"Continuemos a construir sobre estas boas fundações e a criar espaços para um autêntico diálogo e missão, para discernimento e acompanhamento", reforçou o Superior Geral.

Desejamos a estes nossos confrades um bom trabalho, unidos em oração com Santo Afonso, pelo êxito deste evento da Igreja Católica de todo o mundo. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.