Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 29 ABR 2020 - 10H33

Papa deseja que cristãos conheçam vida de São Clemente

Até 15 de março de 2021, a Congregação do Santíssimo Redentor vai vivenciar o Ano Clementino, em homenagem ao santo redentorista Clemente Maria Hofbauer.

Incentivando esta comemoração, o Papa Francisco enviou sua bênção e deseja que a comemoração do jubileu possa ajudar a “tornar cada vez mais conhecido e bem-vindo o testemunho deste santo, fiel ao espírito apostólico do Fundador, Santo Afonso Maria de Ligório”, como destaca carta do cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado, em nome do Papa Francisco.

Shutterstock
Shutterstock


Na carta, o cardeal enfatiza a paixão de São Clemente em trabalhar para Deus e para o próximo, e sua grande fé, com a qual confiava em Deus mesmo em situações difíceis, em meio a mal-entendidos e falhas.

"Sua fé o levou a ter esperança contra toda esperança, com a firme convicção de que 'o que parece impossível aos seres humanos é sempre possível a Deus'. São Clemente Hofbauer exorta as comunidades cristãs contemporâneas a deixar para trás a segurança mundana e os esquemas pastorais ultrapassados e a se libertarem dos medos e da preguiça, para que possam acolher o grito dos homens e mulheres feridos que se levantam de nossas cidades hoje e, assim, trazer a alegria de o Evangelho em toda parte".

Concluindo, o Cardeal expressa os desejos do Santo Padre e comunica a bênção papal a todos os que celebram o Ano Clementino. Leia a carta na íntegra, dirigida ao Padre Michael Brehl, C.Ss.R, superior geral. 

:: Comemorações centenárias marcam ano dos Redentoristas

Carta do Cardeal Pietro Parolin em nome do Papa Francisco

Em sua carta no dia 02 de fevereiro, você informou o Santo Padre sobre o bicentenário da morte de São Clemente Hofbauer, C.Ss.R. Você também pediu que ele apresentasse mais uma vez esse homem único e multifacetado aos cristãos de nosso tempo.

Sua Santidade, acolhendo esse gesto devoto, compartilha a alegria de sua Congregação e espera que as celebrações em questão constituam uma preciosa oportunidade de tornar cada vez mais conhecido e bem-vindo o testemunho deste santo, que fiel ao espírito apostólico do Fundador, Santo Afonso Maria de Ligório, fez todos os esforços para proclamar o Evangelho nas periferias de seu tempo e levar a Congregação do Santíssimo Redentor para além dos Alpes, lançando as bases para seu subsequente crescimento em todo o mundo.

A jornada de sua vida sempre foi guiada por uma fé profunda, uma fé que ele aprendeu no joelho de sua mãe, em sua terra natal, Tasswitz, na Morávia. Apesar de numerosos e dolorosos eventos, e em diferentes contextos sociais e políticos, essa fé levou-o a abandonar-se com total confiança nos braços do Pai Celestial e a não perder a esperança de realizar seu sonho de ser padre, apesar dos inúmeros obstáculos. Entrando na Congregação do Santíssimo Redentor, ele aproveitou esta oportunidade inesperada como uma graça particular e um chamado adicional para servir a causa do Evangelho e testemunhar o precioso tesouro da fé, inicialmente na Polônia, devido às leis em vigor naquele momento em sua terra natal, e depois, em Viena.

Essa fé, profundamente enraizada em seu próprio ser, e enriquecida pelos ensinamentos do Fundador, levou-o a considerar a incredulidade e a distância de Deus de muitos de seus contemporâneos como perigosa, quase antinatural. Como resultado, ele procurou continuamente encontrar novas maneiras de levar a alegria do Evangelho a todos, promovendo experiências cada vez mais ricas da humanidade e da vida cristã.

A paixão de Clemente pela obra de Deus se refletiu em sua paixão por seus irmãos e irmãs e o levou a se colocar a serviço dos pobres na cidade de Varsóvia. Por meio de ajuda material, ele ofereceu aos órfãos abandonados, aos fundadores, às meninas e jovens de todas as nações e religiões presentes na cidade, a possibilidade de uma vida mais digna, livre do analfabetismo e dos perigos morais. Ele confiava sempre na providência divina e na ajuda de pessoas generosas, a quem não deixava de pedir esmolas e colaboração pelo amor desses irmãos e irmãs.

Transferido para Viena em seus últimos anos, sua preocupação missionária se estendeu a outras 'periferias': ao mundo universitário e ao da cultura. Ele atraiu muitos cientistas e artistas ilustres, convidando-os não apenas a se aproximarem da Igreja, mas também a uma vida espiritual intensa e consciente. Ele procurou satisfazer sua pobreza interior, de maneiras diferentes, mas não diferentes, daquelas que levaram o Fundador a se apaixonar pela condição dos camponeses pobres e sem instrução do sul da Itália. Ele deu atenção especial ao mundo da juventude e, especialmente, aos estudantes, que o viam como um amigo acolhedor e um padre cuja fé e bondade eram contagiosas para aqueles que se aproximavam dele. Graças a esse compromisso, homens e mulheres, jovens e idosos, nobres e burgueses, estudiosos e artistas, funcionários e prelados do estado, estudantes e professores confiaram em sua liderança e espalharam sua espiritualidade, exercendo sua influência em todas as áreas da sociedade.

Sua fé o levou a ter esperança contra toda esperança, com a firme convicção de que "o que parece impossível aos seres humanos é sempre possível a Deus". São Clemente Hofbauer exorta as comunidades cristãs contemporâneas a deixar para trás a segurança mundana e os esquemas pastorais ultrapassados e a se libertarem dos medos e da preguiça, para que possam acolher o grito dos homens e mulheres feridos que se levantam de nossas cidades hoje e, assim, trazer a alegria de o Evangelho em toda parte.

Enquanto oferece fervorosos desejos pelo sucesso das celebrações do bicentenário, o Santo Padre invoca a proteção celestial deste santo e de Santo Afonso Maria de Ligório e transmite de todo coração a você, a toda a Congregação do Santíssimo Redentor e a todos os que participarão dessas celebrações sua Bênção Apostólica, uma promessa de toda graça e renovado compromisso missionário.

Uno meus melhores desejos pessoais e confirmo meu próprio sentimento de estima religiosa,

Atenciosamente,

Cardeal Pietro Parolin
Secretário de Estado

Fonte: Traduzido do site CSSR News.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.