Por Pe. José Inácio Medeiros, C.Ss.R. Em Notícias Atualizada em 19 JUN 2019 - 10H06

Redentoristas da América Latina discutem plano apostólico e reconfiguração das unidades


Membros da Província de São Paulo: Pe. Marcelo Araújo, Pe. Inácio Medeiros, Pe. Ricardo de Carvalho, Pe. Marlos Aurélio e Pe. Rogério Gomes.


Com uma oração dedicada aos santos e beatos redentoristas e com o canto a Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira do México, teve início nesta segunda-feira (17), a VI Assembleia da Conferência dos Redentoristas da América Latina e Caribe.

Representantes vindos de todos os países do continente, sendo 02 de cada (Vice) Província, mais os representantes dos irmãos de cada sub-conferência, além dos representantes das três missões da Conferência (Cuba, Suriname e Uruguai), e os membros do Governo Geral e da Coordenação da Conferência, estão reunidos na Cidade do México, na sede da Conferência Episcopal Mexicana (CEM), para discutir os ajustes finais e a aprovação do Plano Apostólico e ainda o Plano de Reconfiguração das Unidades.

Ainda como pauta dos trabalhos, haverá a apresentação de alguns documentos e relatórios vindos do Governo Geral da Congregação, que foram pedidos pelos membros do Capítulo Geral, reunido em Pattaya, na Tailândia, em novembro de 2016.

O encontro dá continuidade à assembleia reunida em Trindade (GO), em agosto do ano passado, mas a diferença é que os pontos centrais da caminhada da Conferência para os próximos anos já deverão ser definidos, uma vez que todos os redentoristas e as comunidades foram convidados a dar sua contribuição.

Uma pergunta central orienta todos os trabalhos que serão realizados até o próximo dia 29, quando se encerrará a assembleia:

Revendo os passos dados desde o Capítulo Geral, unidos com as reflexões feitas desde a última assembleia, qual deve ser a missão da congregação para os próximos anos?


As respostas a esta pergunta seguramente sinalizam a aplicação do Plano Apostólico, dando prioridade àquilo que realmente é importante como parte do nosso carisma fundacional, além de fundamentar o processo de reconfiguração das unidades redentoristas. O certo é que desta assembleia e dos encaminhamentos que serão dados nos próximos anos, dentro da fase de transição, a Congregação Redentorista assumirá um novo rosto, não só na América Latina, mas no mundo todo.

A proposta é que tendo unidades mais fortes, os redentoristas se tornem ainda mais ágeis na sua missão, indo de encontro aos que realmente precisam o anúncio da Copiosa Redenção.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. José Inácio Medeiros, C.Ss.R. , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.