Por Elisangela Cavalheiro Em Redentoristas

Beato Gaspar Stanggassinger: formador alegre e obediente

Nesta quinta-feira (26) a Congregação do Santíssismo Redentor recorda a memória do Missionário Redentorista padre Gaspar Stanggassinger.

Padre Gaspar foi uma pessoa alegre, bondosa, espelho do grande amor de Deus. Morreu jovem, com apenas 28 anos, quatro anos depois de ter sido ordenado padre. 

Em abril deste ano foram comemorados os 25 anos de sua beatificação no Santuário de Gars na Alemanha, onde estão depositados os restos mortais do religioso. O missionário foi proclamado beato pelo Papa João Paulo II no dia 24 de abril de 1988. 

Alemão, nasceu em uma família numerosa; o segundo de 12 irmãos. Na infância brincava de ser padre, pregando sermões para seus irmãos e fazendo procissões até uma capela perto de sua casa. Entrou no seminário com 10 anos e lá viveu uma vida abnegada, de oração e serviço aos irmãos. 

Desejava ardentemente ser missionário, mas em obediência aos seus superiores, exerceu seu ministério como formador dos futuros missionários. 

Beato Gaspar Stanggassinger era alegre, bondoso, serviçal, educado, animado e trabalhador. Excelente professor, amigo e compreensivo com os alunos que enfrentavam problemas. 

Sua vida é um estímulo e um exemplo, especialmente para todos os que trabalham na Pastoral da Juventude e na Pastoral Vocacional. 

Faleceu no dia 26 de setembro de 1899. 

Em 1935, a Congregação do Santíssimo Redentor começou a sua causa de canonização e, no dia 24 de abril de 1988, Stanggassinger foi proclamado beato pelo Santo Padre, o Papa João Paulo II.  

Foto: www.klostergars.de.

Urna onde estão os restos mortais do Beato Gaspar Stanggassinger na Alemanha. 

 

- Nasceu em 1871, Berchtersgaden, Sul da Alemanha
- Entrou para no seminário de Munique e Freising em 1890
- Entrou para o noviciado redentorista de Gars em 1892
- Ordenado sacerdote, em Regensburg, no ano de 1895
- Faleceu no dia 26 de setembro de 1899
- No dia 24 de abril de 1988 foi proclamado beato pelo Santo Padre, o Papa João Paulo II.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.