Por Thamara Gomes Em Notícias Atualizada em 13 NOV 2020 - 08H51

Entenda o significado do brasão Redentorista

CSsR
CSsR


O brasão, na tradição europeia medieval, era um desenho especificamente criado com a finalidade de identificar famílias, clãs, corporações, cidades, regiões e nações. É uma espécie de logomarca que gera identidade. Na época, era usado por exemplo para a identificação de documentos oficiais. 

O símbolo principal da Congregação Redentorista que a identifica em todo o mundo foi criado pelo Ir. Vito Curzio, o primeiro irmão redentorista, contemporâneo de Santo Afonso Maria de Ligório, fundador dos Redentoristas. Vito Curzio idealizou e desenhou o brasão de armas da Congregação. O fez com estilete no forno da comunidade redentorista de Scala, onde residiu por seis anos.

Entenda o escudo que representa a Congregação Redentorista!

CSsR
CSsR

O Estatuto 06 da Congregação Redentorista, que reproduz substancialmente a Constituição 717 de 1764, define o selo assim:

“O selo da Congregação é formado por uma cruz com a lança e a esponja, colocada em três montanhas; nos lados da cruz estão os nomes abreviados de Jesus e Maria; na cruz, um olho com raios de luz e acima de tudo uma coroa. Em volta do selo está escrito: Copiosa Apud Eum Redemptio (cf. Salmo 129,7)”.

Os elementos simbólicos que o compõem representam a obra de redenção realizada por Jesus Cristo e que o instituto deve anunciar sob a proteção de Maria. Daí a cruz na montanha com a lança e a esponja, os nomes de Jesus e Maria e a inscrição “Copiosa apud eum redemptio”, que significa Junto Dele a Redenção é copiosa.

O olho pode ser interpretado como o olhar misericordioso de Deus sobre a humanidade, a providência divina. A coroa no escudo pode ser interpretada como a coroa da glória que Ele merece.

Leia Mais3 orações vocacionais para rezar no dia a diaA alegria de ser RedentoristaOuça agora o Podcast VocacionalOs três cumes da montanha não têm valor simbólico especial, mas podem ser interpretados como: o Monte Sinai, onde Moisés recebeu os 10 mandamentos; o Tabor, onde Cristo se transfigurou; e o Calvário, onde na Cruz, Cristo nos deu vida plena.

Os símbolos escolhidos são justificados por si mesmos como uma expressão do propósito e da espiritualidade de um instituto missionário sob o nome do Santíssimo Redentor.

Gostou? Gostaria de saber outras curiosidades da Congregação Redentorista?
Deixe sua sugestão nos comentários.


Fonte: paroquiadagloria.org.br

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Thamara Gomes, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.