Por Fr. Diego Antônio da Silva, C.Ss.R. Em Notícias Atualizada em 19 AGO 2019 - 09H12

Vocação Humana: “Antes de nascer, te conheci” (Jr 1, 4-19)

Toda vocação é um dom de Deus! O chamado à vida é a primeira e fundamental vocação que recebemos de Deus.

Já nascemos motivados a dar um sentido à nossa existência. Deus, em seu infinito amor, modelou o homem e a mulher à Sua imagem e semelhança, os chamou à vida, para que, na liberdade de filhos e filhas, fossem continuadores/as da Sua obra criadora.

A12
A12
Toda vocação é um dom de Deus!


Neste sentido, a vocação é, antes de tudo, o encontro de duas liberdades: a liberdade absoluta de Deus, que chama, e a liberdade humana, que responde a este chamado: Um diálogo generoso! Um intercâmbio de dons! A experiência original das alteridades rompe os limites da meritocracia e assume o arquétipo da gratuidade, de modo que a iniciativa é sempre de Deus em autocomunicar Seu grande amor por Suas criaturas. Jeremias é o modelo do jovem seduzido por Deus. Assim como o profeta, todos nós somos escolhidos desde o ventre materno para uma grande missão.

Deus chamou Jeremias, conferindo-lhe o ministério profético de anunciar o julgamento divino sobre Judá, por causa da idolatria. A missão do profeta está associada, antes de tudo, ao seu nascimento e ao seu sentido existencial. A razão de ser e existir é, tão somente, fazer a vontade de Deus. Este elemento bíblico também está presente na vocação de outros personagens, como Moisés (Êx 2) e nas palavras de Paulo (Gl 1,15) – a vocação é um caminho de busca existencial para a realização humana.

O chamado de Deus é sempre provocante e nos inquieta. Jeremias, assim como Moisés, era um jovem humilde e não confiava em suas próprias potencialidades. Ele se achava criança, imaturamente desqualificado para sua missão. (cf. 1 Rs 3.7). Porém, Deus o consola, o conforta e o tranquiliza, com uma expressão muito comum para aqueles a quem Ele chama ou se manifesta: “Não Temas”, “eu sou contigo”. Do mesmo modo que costumamos dizer: “Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos” (cf. Jr 10.5; 30.10; cf. Is 43.1; 1.c 12.32).

Leia MaisVocação Cristã: “Deixe tudo para me seguir” Mc 10, 17-30Vocação Matrimonial: “Não são dois, mas uma só carne” Mc 10, 2-11Vocação Sacerdotal: “Que ele cresça e eu diminua” Jo 3, 22-30Vocação Religiosa: “Ide e fazei discípulos por todas as nações” (Mt 28,16-20)Vocação de Maria e Ministérios: “Feliz aquela que confiou” (Lc 1, 39-45)Vocação: tesouro escondido, pérola encontrada!Depois, toca-lhe na boca, simbolizando a sua consagração para anunciar as palavras do Senhor. No sentido bíblico, palavra significa compromisso. É na boca de Jeremias que Deus manifesta as suas palavras. O profeta é constituído portador das palavras de salvação, mas também anunciador do juízo divino. Essas imagens enfatizam a mensagem de destruição, mas também preveem a reconstrução a ser feita pelo Senhor.

A narrativa do chamado vocacional de Jeremias prepara para o ministério do profeta em sua totalidade. Ele pronunciaria palavras de julgamento que levariam à destruição e ao exílio, mas também profere palavras auspiciosas de retorno e restauração. Assim também é a nossa missão. Somos chamados a ser sinais proféticos no mundo. Denunciar as incongruências e anunciar o amor restaurador de Deus para toda a humanidade.

Deus pede ao profeta para cingir os lombos, como um trabalhador vigoroso, ou então como um valente guerreiro (1 Rs 18.46; cf. Is 5.27). Jeremias estava prestes a ingressar num ministério extremamente difícil e desafiador. Deus o reveste com a sua autoridade e torna-o forte contra todo poder dos reis de Judá. Além de escolher, preparar, capacitar, Deus envia o profeta e oferece-lhe condições necessárias para a nova missão. Deus nunca abandona os seus escolhidos! Se é grande nossa limitação humana, muito maior é a generosidade de Deus, que nos capacita e prepara a missão!

“Vocação acertada é vida feliz!”

Viver a vocação é arriscar-se neste itinerário de busca por um sentido existencial. Nunca estaremos prontos e acabados, mas movidos por um desejo de realização. Deus quer que sejamos pessoas felizes, comprometidas com a construção do Reino e realizadas nas opções que fazemos. Ele nos guia pelos caminhos que escolhemos, respeita nossa liberdade e deseja que tenhamos uma vida plena.

Fr. Diego Antônio da Silva, C.Ss.R.
Missionário Redentorista

Para Refletir:

1. Qual é o sentido existencial que eu busco para minha vida?
2. Como posso superar minhas limitações para acolher o chamado de Deus?
3. O que é necessário para ser feliz?

Para rezar:

Deus e Pai, teu povo sofre e meu coração se inquieta. Tua Igreja se renova e meu coração se alegra. À medida que cresço e descubro a realidade do Teu amor redentor, vou conhecendo Tua ação transformadora neste mundo. Bendito sejas!

Jesus, nascido de Maria, irmão de fé e de caminhada, sinto surgir em mim o desejo de amar-Te sempre mais e trabalhar contigo para a construção de um mundo novo. Dá-me coragem para superar minhas limitações e enfrentar os desafios da missão.

Espírito Santo de amor, inflai em meu coração o ardente desejo de vos seguir, com fidelidade e compromisso. Ajudai-me a buscar um sentido existencial para minha vida, para o qual eu contribua com a promoção da justiça e da esperança.

Trindade Santa, que sois um só Deus, acompanhai-me por toda a vida. Encorajai nossos esforços na promoção do bem e da vida plena para todos. Que assim seja. Amém.


FAÇA O DOWNLOAD DESTE MATERIAL DE APOIO: 

DOWNLOAD

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Fr. Diego Antônio da Silva, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.