Solenidade de Nossa Senhora Aparecida

Aparecida: Mãe e irmã dos pobres e dos humildes!

Faça

uma doação especial

Indique

alguém para nossa Família

Cadastre

na Família Campanha dos Devotos

MISSA DAS CRIANÇAS | MISSA SOLENE
MISSA DAS CRIANÇAS | MISSA SOLENE

Chegou o grande dia! 12 de outubro. É dia dela, da Rainha e Padroeira do Brasil. 


O coração da Igreja Católica no Brasil bate hoje na terra de Aparecida.


Thiago Leon
Thiago Leon
Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós! Reitor do Santuário, padre Eduardo Catalfo apresenta imagem na Missa Solene às 10h00.


É aqui que chegam a cada hora milhares de peregrinos, romeiros, devotos, de todas as idades, de todos os lugares.

Quem chega aqui no Santuário neste dia, vem repleto de fé e amor pela Mãe Aparecida, e cada momento é vivido com emoção e entrega. 

Já pela manhã, a missa das 7h00 é dedicada para aqueles que hoje também comemoram o seu dia: as crianças

Com a Santa Missa presidida pelo missionário redentorista padre Ivair Luiz da Silva, as crianças puderam celebrar a sua fé que, mesmo ainda nascente, já tem muita força! 

Na entrada da Imagem de Nossa Senhora, crianças vestidas de índios mostraram o compromisso com as gerações futuras. 

Reveja esse momento:

Às 9h00, a Missa Solene reuniu outros milhares de romeiros que se revezam dentro do Santuário. Afinal, todos querem ter um momento ali diante de Maria e de seu Filho Jesus. 

O arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes presidiu a celebração acompanhado de Missionários Redentoristas, os guardiões da Mãe Aparecida desde 1894, e muitos outros padres, diáconos, religiosos e autoridades civis e militares. 

Neste ano com o tema central "Com Maria: escolhidos e enviados em missão!", a festa convida a uma tomada de consciência sobre a evangelização na região amazônica.

Com a realização do Sínodo no Vaticano, o Santuário Nacional de Aparecida se une para levantar um grito em nome de todos os que vivem nesta região. 

Thiago Leon
Thiago Leon
Dom Orlando deixou uma mensagem contundente durante homilia da Missa Solene, às 10h00.


:: Confira a homilia de Dom Orlando na íntegra.

O arcebispo citou na sua homilia o Sínodo da Amazônia que é bendito porque "está pensando na vida daquelas árvores, daqueles rios, daqueles pássaros, mas principalmente daquelas populações".

Dom Orlando destacou também as vítimas que a violência urbana tem feito, especialmente as crianças. "Para que no Brasil, nossas crianças não morram mais de uma bala perdida", frisou.

Outro tema que tomou parte na fala do arcebispo foi a corrupção que está muito presente na nossa sociedade atual e "tira o pão da nossa boca e aumenta as desigualdades sociais", enfatizou.

Uma argumentação contundente surgiu quando o arcebispo analisou a realidade do tradicionalismo e da direita que tem sido "violenta e injusta" ao criticar o Papa Francisco, o Sínodo da Amazônia e o Concílio Vaticano II.

"Parece que não queremos vida do Concílio Vaticano segundo, a vida do Evangelho, porque ninguém de nós duvida que está é a grande razão do Sínodo, do Concílio, deste Santuário"

Por fim, Dom Orlando comemorou a celebração do Jubileu de 125 anos da presença redentorista em Aparecida, dizendo que os Missionários Redentoristas "ocuparam lugares vazios" que precisavam de atenção quando chegaram em Aparecida, em 1894. 

"Cada redentorista é a continuação da Redenção. Vocês todos missionários são continuadores da vida do povo brasileiro com a Mãe Aparecida", finalizou. 

Elisangela Cavalheiro.
Elisangela Cavalheiro.
Anastácio, índio da tribo dos Terena, presente na Missa Solene com sua imagem.

Na mesma celebração, bem à frente, estava o seu Anastácio Mendes Prates, de Jardim (MS), ele é originário da tribo indígena Terena.

Com uma grande imagem de Nossa Senhora Aparecida em suas mãos, ele agradecia as bênçãos recebidas por sua intercessão.

Anastácio também comentou a importância da Igreja e do Santuário Nacional em tratar sobre as questões da região pan-amazônica: 

"É muito gratificante ver essa preocupação, porque tem muita gente que não dá mais valor para o povo indígena. Se não é o índio lá protegendo, a Amazônia já tinha ido. Felizes dos índios que ainda estão lá protegendo", disse ao A12

Confira toda a cobertura da festa de Nossa Senhora Aparecida no A12.com/Padroeira e nas nossas redes sociais. 


Declare seu amor à Mãe Aparecida


CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA
CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA

Às 15h, pontualmente, a Consagração convidou os devotos a renovarem o seu amor à Nossa Senhora Aparecida.

A celebração foi conduzida pelo missionário redentorista padre Carlos Artur Annunciação.

Em sintonia com o Mês Missionário Extraordinário e o Sínodo para a Amazônia, todos foram motivados a rezar pedindo a intercessão de Nossa Senhora “por novos caminhos para a Igreja e uma Ecologia integral”.

Reveja este momento especial:

::Jair Bolsonaro participa dos festejos da Padroeira do Brasil em Aparecida

CELEBRAÇÃO DO ANGELUS E PROCISSÃO SOLENE
CELEBRAÇÃO DO ANGELUS E PROCISSÃO SOLENE

No fim de tarde, na cidade da Padroeira do Brasil, a programação festiva convidou os devotos a participarem da celebração do Angelus, em seguida da Procissão Solene, saindo da Basílica Velha até o Santuário Nacional.

A oração de louvor à Rainha e Padroeira do Brasil foi conduzida pelo missionário redentorista Padre José Ulysses da Silva.

Em sua reflexão, o sacerdote questionou os devotos dizendo: “Será que a Palavra de Deus tem importância na minha vida, como teve para aquela moça em Nazaré?

Esta foi a primeira vez que a programação em comemoração à Nossa Senhora Aparecida incluiu a oração do Angelus.

O Nome "Angelus" é dado em referência ao Arcanjo Gabriel, que trouxe o anúncio de que Nossa Senhora seria a Mãe de Jesus Cristo.

Reveja


MISSA DE ENCERRAMENTO
MISSA DE ENCERRAMENTO

A Missa de Encerramento em comemoração ao dia de Nossa Senhora Aparecida foi celebrada às 20h, no Altar Central. O superior provincial da Província Redentorista de São Paulo, padre Marlos Aurélio presidiu a celebração.

Com o Santuário em festa, o carro-andor de Nossa Senhora Aparecida adentrou a Basílica, trazendo também os ‘Livros dos Devotos’. Nele, o nome de todos aqueles que se cadastraram no período de outubro de 2018 ao final de setembro de 2019 para participar dos projetos Devotos Mirins, Jovens de Maria e Campanha dos Devotos.

Ivan Simas
Ivan Simas


Em sua homilia padre Marlos destacou :

"Uma família que reza, uma família que invoca a benção de Deus sobre si, é uma família que consegue superar, é uma família que consegue vencer. Está ali Maria, confiando em seu filho Jesus. E é esta a grande lição que nós aprendemos. Como ela confiarmos em Jesus, Ele jamais nos abandonará", refletiu.

No final da celebração, Pe. Marlos Aurélio da Silva, Superior Provincial Redentorista, Pe. Eduardo Catalfo, Reitor do Santuário e Pe. Luiz Cláudio Alves de Macedo, Ecônomo-Administrador do Santuário, depositaram os ‘Livros dos Devotos’, sob a mesa do Altar Central.

Confira algumas imagens desta celebração especial:

::Reveja toda a cobertura da Novena e Festa da Padroeira do Brasil

Cadastre seu email
Receba novidades sobre a novena e festa

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Festa da Padroeira

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.