Devotos celebram Dia da Padroeira na Basílica de Aparecida

A exemplo de Maria, reitor pediu solidariedade com os mais pobres.


Tarde de celebrações em honra à Padroeira
Tarde de celebrações em honra à Padroeira

O período da tarde na cidade da Mãe Aparecida seguiu com muitas celebrações e comemorações, reunindo devotos de todos os cantos do Brasil, que fizeram questão de passar esta data junto ao Santuário Nacional.

Os devotos rezaram o terço no Altar Central e passaram pelos pontos turísticos, em especial o Nicho de Nossa Senhora Aparecida, que durante todo o dia concentrou um grande número de romeiros, que tinham no coração o desejo de trocar olhares com a pequenina Imagem.

A tradicional Consagração à Padroeira do Brasil foi realizada na Basílica Velha, primeira Basílica de Nossa Senhora Aparecida, local importante para a história de devoção à Imagem tricentenária.

Consagração Solene

Padre Alberto Pasquoto refletiu na celebração a beleza do coração das crianças, indicando que cada cristão deve buscar cultivar um coração como o delas, ressaltando a beleza do perdão e da humildade. “Jesus nos falou: aqueles que não se converterem e não se tornarem crianças, não entrarão no reino dos céus. E converter-se é perdoar, é sentir o amor de Deus, que me perdoa e me torna criatura nova”, afirmou.

::Tradição da Consagração à Mãe Aparecida

Pe. Alberto ainda destacou a lição de humildade que podemos aprender em Aparecida: “Em Aparecida, Deus nos dá uma grande lição de humildade, com uma imagem pequenina de barro quebrada, que aqui em Aparecida atrai uma multidão. Pra gente perceber o sagrado, é preciso ser humilde. Deus olhou a humildade da sua serva e atraiu o povo brasileiro para si, entregando sua mãe sob o título de Aparecida”.

Procissão

Thiago Leon
Thiago Leon

Ao fim da Cerimônia da Consagração Solene, os devotos foram convidados a percorrer as principais ruas da cidade de Aparecida, rezando e cantando em honra à Padroeira do Brasil, na Procissão Solene.

Em todo o percurso, a Imagem foi saudada pelos milhares de devotos que a acompanharam até o Santuário Nacional para a missa de encerramento da Festa de Nossa Senhora Aparecida neste dia 12 de outubro.


Missa de encerramento

A celebração das 16h30 foi presidida pelo reitor do Santuário, padre João Batista de Almeida e, mais uma vez, contou com a participação intensa dos devotos.

Ao fim desse dia de comemorações, o padre João Batista expressou a sua gratidão e alegria por celebrar mais um ano da Padroeira do Brasil com a casa cheia.

Ele fez questão de agradecer a todos e ressaltar a importante contribuição da Campanha dos Devotos, projeto que mantém as obras do Santuário Nacional.

“Quero deixar a nossa gratidão a todos que participaram e, em especial, à Família Campanha dos Devotos, que possibilita que toda essa festa aconteça com a estrutura necessária para acolher os milhares de devotos que celebram conosco.”

Em entrevista ao A12, o reitor do Santuário avaliou a Festa de 2018, destacando o envolvimento dos colaboradores e dos devotos em toda a novena, desde o dia três de outubro.

“A minha avaliação é muito positiva pelo envolvimento das equipes, que foram muito fiéis à proposta desse ano e o envolvimento do povo, que entendeu a proposta e participou ativamente de cada uma das celebrações. O resultado é aquilo que é vocação do Santuário: ser um lugar de oração, onde as pessoas vêm para um encontro com Deus, um encontro comunitário, e a festa é esse grande momento. Eu acredito que esse ano, por ser o ano de volta à rotina, após todas as celebrações do tricentenário, foi um ano que não deixou nada a desejar daquilo que nós vivemos nos anos passados.

Festival da Padroeira

Thiago Leon
Thiago Leon

Uma noite de homenagens com o cantor Daniel e diversos cantores mirins encerrou as festividades da Padroeira no Santuário Nacional neste dia 12 de outubro.

O Festival da Padroeira reuniu os devotos na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider, no Pátio das Palmeiras, logo após a missa de encerramento no Altar Central. Veja como foi o Festival da Padroeira na sexta-feira (12).

Missa Solene
Missa Solene

O maior templo mariano do mundo ficou pequeno para acolher a fé de tantos devotos da Mãe Aparecida. Entre as comemorações em homenagem à Padroeira do Brasil, o ponto alto desta sexta-feira foi a Missa Solene das 9h.

A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes. A homilia foi feita pelo reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida.

O reitor falou sobre a mensagem contida na imagem de Aparecida, seus significados e símbolos, e ressaltou que, há 300 anos, quando os pescadores encontraram a imagem, o Brasil ainda vivia o período da escravidão. E Maria vem justamente desta maneira: negra, grávida, com cabeça e corpo separados, porque Ela é a mãe que aponta sempre o Cristo, aquele que nos traz vida e salvação.

O padre ainda acrescentou que as mãos postas da imagem de Aparecida nos convidam à oração: “A oração tem força de vida que vem do céu”.

Mãe Aparecida, o nosso Brasil precisa ser restaurado, reconstruído, nosso povo precisa recuperar a confiança. Por isso, pedimos à Senhora Aparecida que nos ajude a restaurar a força de vida do nosso povo. Ao celebramos o Dia das Crianças, não permita que nosso país tire das crianças o direto de estudar e ter um lar. Ajude-nos a acabar com essa chaga social”, concluiu.

Livro dos Devotos

Anualmente, o Livro dos Devotos é colocado sob o Altar Central. O livro contem os nomes dos fiéis da Família Campanha dos Devotos nos últimos 12 meses.

:: Livro dos devotos é depositado sob o altar central

Tema da Festa da Padroeira 2019

Durante a Missa, o reitor anunciou que em 2019 o Santuário Nacional de Aparecida vai dedicar a Festa da Padroeira à Amazônia, em sintonia com o Sínodo Pan-amazônico que estará em andamento no Vaticano. O tema que norteará a Novena e Festa da Padroeira de 2019 será ‘Com Maria, escolhidos e enviados em missão’.

:: Festa da Padroeira 2019 será dedicada à missão e a Igreja na Amazônia

Cruz Missionária

O bispo de Óbidos (PA), Dom Bernardo Johannes Bahlmann, trouxe ao Altar Central a Cruz Missionária, que faz memória às missões jesuítas da Bolívia e a Evangelização dos povos da América Latina.

O Papa Francisco, no dia 9 de julho de 2015, abençoou 40 cruzes missionárias neste formato em sua visita à Bolívia, e as entregou a cada país da América, como forma de preparação ao 5º Congresso Missionário Americano (CAM 5), que aconteceu em julho de 2018, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Missa das Crianças
Missa das Crianças

A Missa das Crianças começou cedo neste dia 12 de outubro. A celebração teve início às 7h, e foi presidida pelo padre Inácio de Madeiros. Horas antes, a basílica já estava tomada por crianças e devotos em clima de festa. O coral infantil do projeto PEMSA embalou os cânticos da celebração.

Em sua homilia, Padre Inácio chamou a atenção para a conscientização em prol da erradicação do trabalho infantil. O Missionário Redentorista citou algumas das responsabilidades dos pais na criação dos filhos:

  • Acompanhar os filhos em suas tarefas.
  • Conversar com seus filhos com uma linguagem accessível.
  • Estabelecer regras claras para convivência familiar.
  • Impor limites e horários sobre tudo no uso de celulares e redes sociais.
  • Estimular participação dos filhos em esportes e atividades comunitárias.
  • Estimular a autoestima pelo afeto e carinho.
  • Preparar as crianças para futuro familiar e profissional.
  • Preparar para lidar com certo e errado estimulando valores.

O padre encerrou pedindo que os pais possam olhar para Nossa Senhora Aparecida, para cuidar das crianças e que Ela proteja a infância dos pequenos.

Movimento no Santuário
Movimento no Santuário


O Santuário Nacional de Aparecida abriu a programação do Dia da Padroeira com missa às 5h. Peregrinos de todas as partes do Brasil já lotavam a Basílica durante toda a madrugada. A cidade de Aparecida (SP) fica repleta de romeiros que vieram agradecer e pedir a intercessão de Nossa Senhora Aparecida.

A expectativa era que passassem por Aparecida (SP) mais de 200 mil peregrinos.

:: Acesse a página especial da Festa da Padroeira 2018 e confira a programação

Considerado o maior santuário mariano do mundo, a Basílica de Aparecida recebeu mais de 13 milhões de romeiros em 2017, quando celebrou os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul.

As primeiras cenas da manhã do dia 12 de outubro foram de muito movimento de romeiros que trouxeram na bagagem muitas histórias de devoção e amor à Nossa Senhora Aparecida.


Acompanhe todos os detalhes da Novena e Festa da Padroeira 2018

SAIBA TODOS OS DETALHES

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.