Por Alberto Rosa Fioravanti Em Artigos Atualizada em 12 SET 2018 - 09H32

12 de setembro – Santíssimo nome de Maria

12_de_setembro

Santíssimo Nome de Maria, Festa do Santo Nome de Maria, ou simplesmente Santo Nome de Maria, é uma festa da Igreja Católica que se celebra no dia 12 de setembro. Foi instituída como festa universal pelo Bendito Papa Inocêncio XI para comemorar a vitória sobre os turcos na Batalha de Viena em 1683. A festa celebra o nome de Maria, mãe de Jesus. Lembro-me bem das festas celebradas em Roma no dia 12 de setembro, numa das duas igrejas gêmeas no Fórum de Trajano que é dedicada ao nome de Maria, e o meu coração se enche de saudade dessas festas.

Leia MaisO dulcíssimo nome de MariaInicialmente a festa do Santíssimo Nome de Maria era apenas realizada em Cuenca, na Espanha, quando foi instituída em 1513. Era inicialmente comemorada em 15 de setembro, entretanto em 1587, o Papa Sisto V mudou o dia da celebração para 17 de setembro. O Papa Gregório XV estendeu a festa para a Arquidiocese de Toledo em 1622. Em 1666 os Carmelitas Descalços receberam a permissão para recitar o Ofício do Nome de Maria quatro vezes por ano (dúplice). Posteriormente, em 1671, a festa foi estendida para toda a Espanha. Após a vitória dos cristãos, conduzida pelo rei Jan III Sobieski da Polônia, sobre os turcos na Batalha de Viena, em 1683, a festa foi estendida a toda a Igreja pelo Papa Inocêncio XI, e atribuída ao domingo após o Nascimento de Maria e estendeu a festa para toda a Igreja.

Segundo os etimologistas, o nome Maria pode ter vindo da raiz “MERY” que na língua egípcia significa mui amada. Outros dizem que provém do siríaco e quer dizer senhora. Mas, a probabilidade maior é a que veio do hebraico, e pode ter vários significados: “Mar amargo, Gota do mar; Estrela do Mar; Esperança; Excelsa; ou Sublime”, entre outros. Não importa, contudo, o real significado do nome, mas o que se tornou a partir do momento em que a “Mãe do Redentor” o recebeu. Poderoso é este nome que deve ser invocado sempre em todas as necessidades.

Shutterstock
Shutterstock

O nome de Maria é um nome salvador, sobretudo nos perigos. É também um nome de consolação e de alegria, pois ele dissipa a tristeza na alma que o pronuncia. Pensai em Maria e invocai o seu nome, e não tereis receio de levantar os olhos diante dos vossos semelhantes. Pensai em Maria e invocai seu nome, e sereis aliviado. Temes a morte que rompe e põe fim a tudo? Pensai em Maria e invocai seu nome, e tereis coragem de aceitar esse supremo sacrifício.

O nome de Maria é um nome de grande força. Quaisquer que sejam os inimigos que vos ameaçam, venham eles do Inferno, como o demônio que vos tenta; ou venham do mundo, como os adversários que vos perseguem, invocai o poderoso nome de Maria e a todos vencereis. Quaisquer que sejam vossas próprias fraquezas, provenham elas do orgulho, da inveja, da sensualidade ou da preguiça, confiai vosso coração à solicitude da Virgem, invocai o poderoso nome de Maria, e vos vencereis a vós mesmos.

“Feliz, feliz aquele que Vos ama, ó Maria, Mãe dulcíssima” – exclamava o redentorista Santo Afonso de Ligório. Também São João Berchmans, da Companhia de Jesus, sempre dizia: “Se amo a Maria, estou certo da minha perseverança e de Deus obtenho tudo o que quiser“.

Maria também é minha Mãe e eu quero amá-la sempre. Ave Maria!

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Alberto Rosa Fioravanti, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.