Por Oneida Irma Fernandes da Cunha Barbosa Em Artigos Atualizada em 19 DEZ 2018 - 12H27

José e Maria na Sagrada Família

É um questionamento simples da vida desse casal, que viveu um Matrimônio santo, abençoado, e porque conseguiram realizar os planos de salvação de Deus, para a humanidade.

Shutterstock
Shutterstock

Muitas são as pessoas que confundem a admiração e respeito que os cristãos têm para com essas pessoas que viveram santamente e deixaram exemplos de vida. Na verdade ao invocar os seus nomes, como intercessores junto a Deus, nós católicos estamos reverenciando as suas virtudes e pedindo que nos socorram nas dificuldades espirituais e temporais. Não estamos a adorar os santos. Adoramos apenas a Deus, trindade Santa, de todo o coração, mente e espírito.

José e Maria não se preocuparam em viver um relacionamento em que pese a união dos corpos, mas viveram unidos no mesmo ideal de servir a Deus. Noivos ou casados, conforme os costumes dos judeus, já se preparavam espiritualmente para a grande missão de serem pais de Jesus.

Embora José seja pai adotivo de Jesus, porque este nasceu por obra e graça do Espírito Santo, não deixou de cumprir com responsabilidade os seus deveres de pai. Assistindo-o desde o nascimento em Belém, quando se revelava a sua grande missão através dos pastores e reis magos que vieram do Egito para adorá-Lo; a fuga o Egito e educando-O para a leitura da Sagrada Escritura e o oficio de carpinteiro.

No momento atual da nossa história, estamos vivendo questionamentos nunca experimentados, em detrimento da moral, dos costumes religiosos e cristãos. E aí surge a grande pergunta: – Qual o verdadeiro sentido da vida?

Aos pais que optaram pela renúncia aos prazeres da vida, a fim de dar cumprimento aos desígnios de Deus, ao assumir o Sacramento do Matrimônio, na justiça, caridade e amor conjugal recíproco, convidamos refletir sobre a Sagrada Família de Nazaré:

José e Maria viveram no meio do seu povo de forma comprometida. Judeus, paravam o que estavam fazendo para orar, recordar os Mandamentos da Lei de Deus e a leitura da Torá, o livro sagrado. Naquela época as casa eram simples, mas José amou a Virgem Maria e a requisitou, como esposa, por isso é um modelo de homem Justo e Fiel.

- O que é genealogia? Na Bíblia genealogia é a lista de nomes de antecessores da nossa família. No evangelho de Mateus é demonstrado que Jesus é descendente de Abraão e Davi, sendo, portanto, judeu e Messias. No mesmo evangelho é denotado o encontro do divino com o humano. Deus escolheu uma família humana.

O menino Jesus nasceu na cidade de Belém. José também ficou ao lado de Maria, sua esposa, durante o parto e registrou o menino como seu símbolo de Aliança com Deus e da santidade de Israel, o povo de Deus. Assim José cumpria mais uma vez a responsabilidade para que o seu filho fosse inserido no povo da promessa. Jesus não é apenas mais um membro da “Aliança”, mas a própria Aliança.

O primeiro objetivo da viagem a Jerusalém pela Sagrada Família é apresentar ao Templo o primogênito.

José passou a Jesus os conhecimentos das Sagradas Escrituras e lhe deu formação religiosa. Além disso, José se preocupou com a formação moral e profissional de seu filho, tanto que Jesus aprendeu o mesmo ofício do pai: carpintaria.

A Sagrada Família nos leva a refletir que as mudanças sociais e culturais no mundo moderno não devem exonerar cada família de sua missão natural e cristã, mas devem sim lembrar as suas tarefas indispensáveis na pedagogia, na afetividade, nos deveres morais e espirituais e na vivência do amor e da unidade.

A casa de Nazaré se tornou escola do evangelho e um templo de graça. Foi nessa casa que Jesus se tornou submisso a José e Maria e santificou os deveres da família e do trabalho. Baseada nos estudos e escritos sobre a Sagrada Família de Nazaré, exorto aos filhos do PAI ETERNO, a seguir os exemplos de vida desses santos tão queridos: JOSÉ E MARIA.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Oneida Irma Fernandes da Cunha Barbosa, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.