Por Academia Marial Em Palavra do Associado Atualizada em 15 AGO 2019 - 14H13

Assunção da Virgem Maria - 15 de agosto

A Assunção de Nossa Senhora é um dogma de fé da Igreja Católica. Inexplicável aos olhos humanos, é motivo de lendas e tradições que são contadas de gerações a gerações.



Conta-se que Maria, rodeada pelos apóstolos, fazia suas últimas recomendações enquanto adormecia em Deus. Mas entre eles faltava um: Tomé, que pregava em terras distantes. Quando este chegou, a Virgem já havia sido levada para o Vale do Cedron onde foi sepultada. Ele não se conformou e exigiu que fosse aberto o túmulo de Maria, pois queria ver e beijar pela última vez as mãos de sua Mãe Santíssima. A todos surpreendeu o fato de nada encontrar no sepulcro, apenas um suave perfume de flores e uma melodia celestial. Ao olhar para o céu, São Tomé viu o corpo de Maria subindo aos céus. A Virgem tirou seu cinto e lhe jogou como recordação e relíquia.

Hoje, em Jerusalém, no Monte Sião, podemos encontrar a Igreja da "Dormição", que segundo consta foi uma área doada para moradia de Nossa Senhora, pelo mesmo dono que emprestou o Cenáculo para a Santa Ceia de Jesus.

Celebrar a Assunção de Nossa Senhora é uma maneira de contemplar nosso destino eterno. Todo título glorioso de Maria, todo privilégio recebido por ela, foi dádiva de Deus em vista de sua sublime missão de ser Mãe de Jesus, Mãe da Igreja, Mãe e Advogada nossa, Medianeira Nossa glorificada, em corpo e alma, junto ao Filho Redentor! Pela glória com que Deus a distinguiu, é honrado todo o gênero humano. Por isso, esse mistério é motivo de grande alegria.

No Brasil, a Assunção de Nossa Senhora é celebrada com grande fervor em diversos santuários e incontáveis comunidades. Confiantes na glória eterna reservada para aqueles que neste mundo permanecerem fiéis a Cristo, podemos rezar com a liturgia da Igreja: “Que pela intercessão da Virgem Maria, assunta ao céu, cheguemos também nós à glória da ressurreição”.

Rita de Sá Freire
Associada da Academia Marial de Aparecida
Dama da Pontifícia Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém
Administradora do Apostolado “Nos Passos de Maria"

Fonte: SÁ FREIRE, Rita de - Nossa Senhora Auxílio Dos Cristãos: Títulos, orações e devoções – Ed. Petrus, São Paulo, 2010. Páginas 71/72.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Palavra do Associado

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.