Por Academia Marial Em Palavra do Associado Atualizada em 04 SET 2020 - 10H42

Devoção a Virgem de Chiquinquirá na Colômbia

Título Oficial: Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá
Padroeira: Colômbia
Festa: 09 de Julho

No encerramento do Congresso Nacional Mariano da Colômbia, assim se expressou sua Santidade o Papa Pio XII através de uma rádio mensagem: “... a Colômbia, entre seus tantos títulos de glória e nobreza, que não foi em vão, foi porta de fé e civilização, conta como uma das primeiras sendo um povo ardentemente mariano. O seu rico e belo solo, tanto nos picos imponentes das suas serras como nas planícies sorridentes e férteis, apresenta-se como um manto precioso, onde os incontáveis Santuários da Mãe de Deus fingem pérolas e rubis; de Nossa Senhora da Penha em Bogotá à Virgem de La Popa em Cartagena; desde a de Rosário em Tunja, ou a de Monguí, ou a da Candelária em Medellín, à devotada Nossa Senhora de Las Lajas, dominando todas essas invocações, como o sol entre as estrelas, Nossa Senhora de Chiquinquirá, Colômbia, terra da Virgem; Colômbia, jardim mariano!”¹.

Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá: esse é o nome com o qual é venerada Maria em várias localidades da América Latina. O nome está ligado à pintura conservada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá, na diocese colombiana do mesmo nome.²



Chiquinquirá é uma pequena cidade e município localizada as margens do Rio Suárez, na Colômbia. O nome Chiquinquirá vem da língua “Chibcha” língua esta já extinta na Colômbia e que era falada pelos Muisca, tribo indígena que habitava o planalto central e que hoje é o país da Colômbia.

Segundo reza a tradição, entre os primeiros conquistadores do Novo Reino de Granada encontrava-se Antonio de Santana, grande devoto da Virgem do Rosário e administrador dos povoados de Suta e Chiquinquirá. Conforme a legislação da época, um dos primeiros deveres dos "encomenderos" era a de construir uma casa com múltiplas dependências para acolher a própria família e também a administração dos colonos, dos escravos e dos índios das circunvizinhanças. Tal propriedade foi construída e evidentemente nela havia uma capela para os ofícios religiosos. Desejando colocar ali uma imagem da Mãe de Deus, mandou pintar uma imagem de Nossa Senhora do Rosário em uma manta de algodão³. Se você é um artista do século 21 e precisa de tintas para suas criações, pode ir a uma loja de artesanato para comprá-las. Muito provavelmente, quase todos os pigmentos e ferramentas de pintura necessária para fazer seu trabalho estarão disponíveis. No entanto, no século XVI, aquisição de suprimentos para os artistas não era tão conveniente. Alonso de Narvaez foi um pintor espanhol que exerceu seu ofício naquela época. Ele foi convidado a criar uma imagem da Virgem Maria por Dom Antonio de Santana (...). Não havia lojas de artesanato naquela época, então ele pintou com pigmentos que ele mesmo criou usando o solo, ervas e flores da região em que trabalhava. Sua tela era mais do que provável um tecido feito pelos índios locais. Alonso começou a aplicar seus pigmentos criados por ele mesmo à "tela" de tecido. A tela de pano tinha cerca de quarenta e quatro polegadas de largura por cerca de quarenta e nove polegadas de comprimento.

A imagem de Nossa Senhora tem cerca de um metro (39,37 polegadas) de altura e ela está em uma meia lua. Nossa Senhora tem um sorriso doce no rosto e segura o Menino Jesus no braço esquerdo. Jesus tem um pequeno pássaro amarrado ao polegar direito. Um rosário está pendurado na mão de Nossa Senhora. Como havia espaço extra na tela de pano, Alonso pintou Santo Antônio de Pádua e Santo André o Apóstolo de cada lado dela. Utilizando este equipamento arcaico e combinando-o com incrível criatividade e desenvoltura, Narvaez criou uma das mais magníficas pinturas marianas de todos os tempos, Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquira(4).

Em 1563 a imagem sacra, pintada em tela de algodão segundo a arte índia, foi colocada na capela. O pequeno edifício, com o teto de palha, depois de poucos anos foi se deteriorando assim como a tela(5). Quando Dom Antonio faleceu, sua viúva se transferiu para Chiquinquirá, levando consigo o quadro, que foi colocado em uma capela.

Dez anos depois veio àquele lugar uma piedosa mulher chamada Maria Ramos, cunhada do falecido Santana, que limpou o quadro e o colocou num lugar de melhor destaque na capela(6). No dia 26 de dezembro de 1586 verificou-se o evento prodigioso conhecido como “Renovación”. María Ramos proprietária da tela por herança, junto com a índia cristã Isabel, conduzindo seu filho o menino mestiço Miguel, são testemunhas da Virgem espargindo um esplendor celestial que enchia toda a capela e com assombro viram a transformação que se havia operado na pintura, “tão lúcida e renovada de cores alegres e celestiais, que era uma glória vê-la”. Tudo isso sem qualquer intervenção humana de restauração. O fato prodigioso se espalhou pela vizinhança. Começou a afluir gente de todas as partes. A informação não tardou a chegar aos ouvidos da autoridade eclesiástica.

O arcebispo de Bogotá Luís Zapata de Cárdenas, ordenou a construção de uma igreja em Renovación. No início do século XIX, decidiram construir em um local menos exposto aos frequentes terremotos, uma igreja para a imagem milagrosa. Trata-se da atual Basílica de Nossa Senhora do Rosário. A coroação canônica da sagrada imagem ocorreu em 1919. Em 1829, Papa Pio VII a declarou Padroeira da Colômbia.

Noventa anos mais tarde, a pintura de Nossa Senhora de Chiquinquirá foi coroada solene e canonicamente, no dia 9 de julho de 1919 na catedral de Bogotá, na presença do presidente da República, de autoridades eclesiásticas, civis e militares, bem como de multidão incalculável de fiéis. Em 1927, Pio XI concedeu ao santuário o título e os privilégios de Basílica Menor.

Em 1968 o Papa Paulo VI visitou o Santuário e em 1977 a Sé Apostólica erigiu a cidade de Chiquinquirá como diocese. Em 1986 o Papa João Paulo II esteve na Colômbia, ocasião em que visitou o santuário como peregrino. Papa Francisco foi o terceiro Pontífice a visitar o Santuário consagrando a nação à Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá(7).

Em 18 de novembro de 1794, se repetiu o milagre da renovação da imagem dessa invocação, desta vez pintada em madeira, na cidade de Maracaibo, Venezuela. Uma igreja foi erguida no local do prodígio. A fama dos milagres se manteve vigorosa através dos tempos e os venezuelanos passaram a invocar "La Chinita", como amorosamente nomearam a Virgem do Rosário de Maracaibo. Assim, em 18 de novembro de 1942, a Igreja Católica coroou canonicamente a imagem da Padroeira de Maracaibo. Foi à primeira celebração oficial no seu dia. Além disso, a igreja onde se venera a imagem milagrosa venezuelana foi consagrada como: Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá de Maracaibo(8).

Vinícius Aparecido de Lima Oliveira 
Associado da Academia Marial de Aparecida



Bibliografia:
1. W2.vatican.va - RÁDIO MENSAGEM DE SUA SANTIDADE PIO XII

POR OCASIÃO DE ENCERRAMENTO DO CONGRESSO NACIONAL MARIANO DA COLÔMBIA - Terça-feira, 16 de julho de 1946 - https://w2.vatican.va/content/pius-xii/es/speeches/1946/documents/hf_p-xii_spe_19460716_mariano-colombia.html
2. Vaticannews – Colômbia: centenário da coroação da Padroeira - https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2019-07/chiquinquir-colombia-papas-quadro-milagre.html
3. Acidigital.com - Nossa Senhora de Chiquinquira - https://www.acidigital.com/Maria/chiquinquira.htm
4. Catholic 365.com - Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquira --- A Milagrosa História da Padroeira de Columbia - http://www.catholic365.com/article/9305/our-lady-of-the-rosary-of-chiquinquirathe-miraculous-story-of-the-patroness-of-columbia.html
5. Vaticannews – Colômbia: centenário da coroação da Padroeira - https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2019-07/chiquinquir-colombia-papas-quadro-milagre.html
6. Acidigital.com - Nossa Senhora de Chiquinquira - https://www.acidigital.com/Maria/chiquinquira.htm
7. Vaticannews – Colômbia: centenário da coroação da Padroeira - https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2019-07/chiquinquir-colombia-papas-quadro-milagre.html8. Michel - Títulos da Virgem Maria - http://mariaeseustitulos.blogspot.com/2018/09/nossa-senhora-de-chiquinquira-padroeira.html

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Palavra do Associado

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.