Dúvidas Religiosas

Qual a origem dos nomes da semana terem a palavra "feira"?

Ao redor do mundo, nomes são inspirados em deuses pagãos. Em nações que falam português, porém, temos as "feiras", graças à um Santo da Idade Média

Escrito por Alberto Andrade

22 SET 2022 - 15H39 (Atualizada em 23 SET 2022 - 08H38)

Segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira...

Leia MaisCuriosidades da História: Quem organizou o calendário como nós o temos hoje em dia?Muitas vezes podemos entender que a forma com que chamamos os dias úteis da semana é apenas algo previsível e sequencial. Mas existe uma explicação para isso. E tem origens católicas!

Em culturas da maioria dos países no mundo, principalmente as latinas e anglo-saxônicas, os nomes dos dias da semana são inspirados em deuses pagãos.

Na Espanha, por exemplo, segunda-feira denomina-se lunes, dia da lua; a terça-feira é martes, dia de Marte; a quarta-feira miércoles, dia de Mercúrio; a quinta-feira chama-se jueves, em alusão a Júpiter; e a sexta-feira viernes, Vênus, um dos deuses da civilização romana.

O fim de semana foi poupado dessas referências por nações mais ligadas ao cristianismo: o sábado recorda o "Sabat" do judaísmo (Deus descansou ao sétimo dia) e o domingo vem do latim Dominus, que quer dizer "dia do Senhor", em alusão à ressurreição de Cristo.

Mesmo assim, em países anglo-saxônicos, como a Inglaterra por exemplo, o domingo se chama Sunday, ou seja, o dia do sol.

Mas então, por que em português, de segunda a sexta usamos "feira"?

Wikipedia
Wikipedia

São Martinho de Dume era bispo de Braga, em Portugal, entre 562 e 579, exercendo um papel essencial na diplomacia e na religião. Num tempo de muitas heresias, Martinho foi instrumento de Deus para converter o rei ao Cristianismo e, como consequência, o reino também foi convertido.

O Bispo, em seu ministério, sempre exortou seu rebanho para não se contaminar com mitos e superstições vindos das influências pagãs, sem coerência com a fé Cristã. Nesse processo, foi inclusa essa alteração nos dias da semana.

Só para entender o critério utilizado por São Martinho, a palavra feira é derivada do latim “feria”, (literalmente: dia livre, de onde vêm as palavras “feriado” e “férias”).

E o Bispo de Braga determinou, inicialmente para a Semana Santa – período que, na Idade Média, todos os dias eram consagrados ao descanso e às orações –, o primeiro dia da semana é domingo, no qual se recorda a ressurreição de Cristo, e os dias seguintes seriam ordenados numericamente.

A proposta foi aprovada no Primeiro Concílio de Braga, de 561 a 563, dirigido pelo próprio São Martinho e acabou se fixando para o resto do ano.

Assim, foram mantidos os nomes de sábado e domingo e dados novos nomes aos demais dias da semana, que passaram a ser Feria Secunda, Feria Tertia, Feria Quarta, Feria Quinta e Feria Sexta.

Ao longo dos anos, a língua portuguesa foi se modificando, tendo a palavra “feria” sido substituída por “feira” nos dias da semana, chegando-se assim aos nomes dos dias da semana atuais.

A ideia se tornou popular, e Portugal resolveu adotar oficialmente os nomes em seu calendário. E como o Brasil e outros países foram colonizados pelos portugueses, essas “feiras” foram herdadas e utilizadas em nossos dias da semana.

:: O conselho mais repetido na Bíblia pode te acalmar neste momento


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Alberto Andrade, em Dúvidas Religiosas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.