Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R. Em Notícias

Comunidade em missão: o passo a passo da evangelização redentorista

“Como haverão de crer naquele de quem nunca ouviram falar?
Como ouvirão falar dele, se ninguém o anuncia?” 
Rm 10, 14-15

Missões Redentoristas em Guarulhos (SP)As Santas Missões Populares Redentoristas tem como objetivo levar todo o povo de uma paróquia ou comunidade à adesão fundamental e autêntica a Cristo e sua Igreja.

Para isso, usa como meios uma evangelização vivencial, incluída numa ação pastoral extraordinária apta a atingir toda comunidade local.

A pregação das Santas Missões Redentoristas está prestes a completar 120 anos no Brasil, pois aqui, em 1897 pregou-se a primeira missão em Areias, pequena cidade do interior do estado de São Paulo.

De lá para cá, milhares de comunidades paroquiais de quase todos os estados do Brasil já foram evangelizadas neste método tradicional de Pastoral Extraordinária, seja pelas equipes missionárias da Província de São Paulo, como das outras unidades redentoristas do Brasil.

O sistema missionário se consolidou e ganhou atualidade especialmente após a Conferência dos Bispos da América Latina e Caribe em Aparecida (2007), na qual participou o Cardeal Mario Jorge Bergoglio, atual Papa Francisco. Com suas orientações, as Santas Missões continuam sendo hoje um eficiente método de pastoral apto a ajudar uma paróquia a se transformar numa Rede de Comunidades, setorizadas e organizadas com suas Forças Vivas de Apostolado e Missão.

As Missões Redentoristas seguem um método já consagrado de ação, que é adaptado, porém, a cada realidade, sobretudo, diante dos desafios da sociedade moderna. Organizar a paróquia e comunidades em setores, em fases consecutivas de missão, é a essência dessa metodologia. 

Ficha para visitação das famílias nas missões

1ª Fase: Missão da Visitação – Tempo da Organização

A comunidade paroquial é dividida em comunidades menores, tanto na zona rural como na cidade. Essas comunidades, tendo cada uma sua equipe de coordenação, são divididas em Setores ou Grupos Missionários, cada um com sua equipe de animação. Nesta fase temos a atuação de irmãos redentoristas e de irmãs missionárias que integram a equipe das Santas Missões. 

2ª Fase: Missão nas Famílias

Os Setores Missionários tornam-se o foco do serviço, reunindo as famílias pela oração em comum e pela reflexão bíblica, despertando: amizade, relacionamento, interesse e conhecimento mútuo entre as famílias. Esta ação não tem mais tempo para terminar. A Ação Missionária nesta etapa atinge todos os ambientes da comunidade paroquial, inclusive aqueles que são mais desafiadores como os condomínios horizontais e verticais. 

3ª Fase: Missão nas comunidades - Tempo Forte de Evangelização

Nesta fase acontece uma evangelização intensa e vivencial, indicada para levar todos ao compromisso com a vida e ação na comunidade eclesial, como verdadeiros discípulos missionários. Esta fase conta com a presença dos Missionários Redentoristas em todas as comunidades. 

4ª Fase: Pós-Missão - Igreja em Comunhão

Os coordenadores, agora já considerados como Missionários Leigos assumem uma mesma preocupação: transformar cada setor em um “foco de serviço”, vivenciando o Plano Pastoral Orgânico da comunidade paroquial, favorecendo momentos de ação apostólica no setor, na comunidade e na paróquia voltados para todos os grupos humanos da grande comunidade paroquial.

É com muito amor que os Missionários Redentoristas evangelizam o Brasil através das Santas Missões, deixamos a todos uma forte lembrança deste tempo de “Graças e Bênçãos de Deus”, com vidas e comunidades transformadas.

Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R.
Equipe de Comunicação
das Santas Missões

Saiba como conseguir uma Missão Redentorista em sua paróquia: clique para mais informações. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R., em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.