Por Pe. José Inácio Medeiros, C.Ss.R. Em Notícias

Evangelização missionária: missão continuada

“Como hão crer naquele de quem não ouviram falar? Como não ouvir falar dele, se não há quem o anuncie?” Rom. 10, 14 -15.

Desde 1897, milhares de comunidades e paróquias de todo o Brasil já foram brindadas com a realização das Santas Missões Redentoristas. Hoje, o processo missionário numa paróquia dura quase quatro meses, envolvendo as comunidades e os muitos setores missionários que são formados.

No encerramento do "Tempo forte de Evangelização" no último dia da terceira fase, acontece também a abertura de uma quarta fase chamada de Pós-Missão ou Tempo da Perseverança, pois a missão, ao contrário do que se pensava antes, não termina no dia do encerramento da terceira fase. A comunidade que foi missionada é convidada a continuar com o mesmo Espírito Missionário com o qual viveu e participou de suas primeiras etapas. A evangelização não pode parar. Voltará sim o método paroquial ordinário, mas com espírito missionário renovado, principalmente no que diz respeito aos Setores Missionários, com os seus Coordenadores e Auxiliares.

     Cruzeiro Missionário       Pe. Toninho abençoando o Cruzeiro Missionário em Alfenas
O Cruzeiro Missionário marca o início de um novo tempo numa comunidade que foi missionada. 

Nesta nova fase das missões, não há mais um tempo determinado para a sua realização. As missões, em sua etapa agora conhecida como Pós-Missão ou Tempo da Perseverança, durarão o tempo necessário para se buscar e viver uma Nova Evangelização, como já nos pedira o Santo Padre Papa João Paulo II e como nos tem continuamente reafirmado o bom papa Francisco.

Os protagonistas da missão

Nesta nova etapa das Santas Missões, seus protagonistas serão o pároco, auxiliado pelo seu vigário paroquial, onde houver, tendo agora o grande grupo dos animadores dispostos a reafervorar continuamente sua fé, voltada para a vivência comunitária. Os Coordenadores e Auxiliares Missionários devem ser agora a "alma" das comunidades e Setores Missionários, até os "Novos céus e nova Terra". Nesta fase das Santas Missões buscar-se-á consolidar a reestruturação da paróquia e Setores Missionários, dentro dos cinco níveis do Ser-Igreja:

Igreja-Família: A família há de ser a primeira base da Ação Missionária, pois de seu ventre é que botam as vocações missionárias para os setores e comunidades.
Igreja-Setor Missionário: Cada setor deve transformar-se num foco de serviço caritativo e de promoção humano-cristã dos seus membros. 
Igreja-Comunidade: Deve caminhar para se tornar  uma expressão viva do Reino de Deus, funcionado em rede com as demais comunidades da paróquia.
Igreja-Paróquia: Deve passar de uma dimensão meramente geográfica para a dimensão de  fomentadora de compromisso cristão de todos os batizados.
Igreja-Diocese: A Igreja particular se fortalece e se vivifica pela adesão voluntária e gratuita de todas as paróquias que também funcionam em rede, em setores mais amplos, sob a liderança do pastor diocesano.

A segunda meta da Nova Evangelização Missionária, a partir da realização das Santas Missões Redentoristas, será a de direcionar todos os movimentos, as associações e os grupos para que se coloquem sempre a serviço da construção e da animação dos cinco níveis da Igreja, como fonte de espiritualidade para a evangelização, rompendo com todo e qualquer particularismo que possa existir, pois nenhum grupo deve ter a razão de existir em si mesmo. Outra estratégia será a de levar cada Setor Missionário a se transformar em uma fraternidade viva e eficaz, futura comunidade eclesial, inspirando-se no modelo de vida e de ação das primeiras comunidades cristãs. Com a Missão Continuada queremos levar todo o povo da paróquia à busca da adesão fundamental e autêntica a Cristo e sua Igreja.

Coordenadores e Auxiliares das missões em Alfenas (MG)

Coordenadores e Auxiliares Missionários de Alfenas (MG)
Os Coordenadores e Auxiliares Missionários são os protagonistas da Nova Evangelização.

Os recursos para a continuidade da missão no Tempo de Perseverança

Para se alcançar estas metas previstas como parte do Tempo da Perseverança e da Nova Evangelização, os missionários disponibilizam diversos recursos para os setores e comunidades, alem daqueles já disponibilizados pela própria paróquia e diocese:

- Deixamos o  livro “Perseverando na Missão” como subsídio para os encontros dos Setores Missionários, com uma metodologia simples e acessível, colocada ao alcance de todos, mesmo daqueles que possuem um menor grau de instrução;  
- Incentivamos a descentralização das atividades paroquiais como as celebrações, ministérios, assistência aos pobres, cursos de preparação aos sacramentos e outros em todas as comunidades; 
- Sugerimos que os Setores Missionários sejam envolvidos como participantes ativos nas comunidades e em todos os seus serviços como  na liturgia, nas pastorais etc;
- É importante que seja estruturado um Conselho Missionário, para ajudar na coordenação e na animação dos Setores Missionários;
- Necessário ainda é investir na formação dos leigos, principalmente dos Coordenadores e Auxiliares missionários em assuntos como Bíblia, catequese e todas as coisas da religião, etc; 
- É preciso fornecer subsídios para os encontros nos Setores Missionários usando aqueles próprios da diocese ou da paróquia e que sejam criados momentos de confraternização para os coordenadores e para os setores missionários.

Os Missionários Redentoristas se colocam à disposição para voltar à paróquia no prazo de seis meses a um ano para a realização da quarta fase ou renovação das missões para que a missão seja, de fato, continuada. Além disso, convocamos os Coordenadores e Auxiliares para uma romaria das comunidades e paróquias missionadas, em Aparecida no Santuário Nacional, para nos confraternizarmos e nos renovarmos na fidelidade à missão.

 

Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R.
Equipe de Comunicação
Santas Missões Populares

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. José Inácio Medeiros, C.Ss.R. , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.