Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias Atualizada em 30 OUT 2019 - 14H20

Conheça roteiro turístico inédito dos lugares onde viveu Santo Afonso

A trajetória de um grande santo da Igreja Católica, conhecido por sua contribuição no conhecimento sobre a vida de Nossa Senhora e também uma reflexão moral que permanece atual, mesmo depois de mais de 230 anos de sua morte, é a proposta de um roteiro turístico inédito promovido pela Catedral Viagens, entre os dias 18 e 30 de maio de 2020.

O roteiro, elaborado pela primeira vez no Brasil, vai buscar descobrir as belezas e riquezas culturais, artísticas e religiosas deixadas por Santo Afonso Maria de Ligório, o fundador da congregação dos Missionários Redentoristas. Ao longo dos doze dias, os peregrinos deste roteiro vão poder visitar grandes e famosas cidades italianas e vivenciar uma experiência única de fé seguindo os passos deste santo, e isso tudo na companhia de dois de seus discípulos: Dom José Luiz Majella Delgado e Padre João Batista de Almeida.

Catedral Viagens
Catedral Viagens
Prepare-se já para viajar nos Passos de Santo Afonso de 18 a 30 de maio de 2020.


Quem foi Santo Afonso? 

A vida e a herança deixada por Santo Afonso Maria de Ligório já renderam muito mais livros do que as 123 obras que ele escreveu. Sua vida é difícil de ser traçada em poucas linhas, porque ele foi um homem de grandes virtudes.

Hoje, no mundo, o livro ‘Glórias de Maria’ é o best seller dos livros marianos. Na Europa, o canto de Natal mais famoso, o ‘Tu scendi dalle stelle’, é de autoria de Santo Afonso. Entre os estudiosos da Teologia Moral, suas publicações são as mais consultadas, tanto que ele recebeu da Igreja o título de Doutor da Igreja, que é uma homenagem honrosa para quem muito contribuiu para o pensamento cristão.

Mais do que falar deste brilhante santo, vamos agora destacar algumas das cidades por onde ele passou e que serão visitadas pela peregrinação “Nos passos de Santo Afonso”.

Confira o
 que poderá ser visto em cada uma delas:

MARIANELLA

Cidade onde nasceu Santo Afonso. Ali está preservada uma parte da casa onde nasceu o santo e foi dita uma profecia sobre ele. Numa visita à família, o padre Francisco Jerônimo disse que aquela criança viveria até os 90 anos, seria bispo e faria grandes coisas por Jesus Cristo. De fato, isso tudo aconteceu! Na casa, há um museu com objetos utilizados pelo santo e obras literárias que ele produziu ao longo de sua vida, bem como uma capela onde rezava a família Ligório. 

Casa natale di sant'Alfonso de Liguori/Facebook.
Casa natale di sant'Alfonso de Liguori/Facebook.
Apresentação cultural na casa onde nasceu Santo Afonso.


SCALA

Neste lugar situado na Costa Amalfitana, um destino popular na Itália, a Congregação Redentorista foi fundada por Santo Afonso em 1732. Scala é o lugar da inspiração do santo. Neste lugar, ele se encontrou com Deus e consigo mesmo, e então escolheu os "mais abandonados". Ali existe a gruta onde Santo Afonso conversou com Nossa Senhora. 

Leia também | Scala: experiência fundante de Afonso

José Torres
José Torres
Vista parcial de Scala.


PAGANI

A visita a este lugar garante uma forte emoção. Ali, na Basílica de Santo Alfonso Maria de Ligório, repousam os restos mortais do santo. Existe ainda o convento redentorista, lugar onde Afonso viveu os últimos anos de sua vida. Nestes aposentos, ele recebeu São Geraldo. 

Leia também | Pagani respira Afonso de Ligório

Província Redentorista de Nápoles.
Província Redentorista de Nápoles.
Frente da Basílica de Santo Afonso.


SANTA ÁGATA 

Nesta cidade, Santo Afonso exerceu o ministério episcopal. Na catedral de Santa Ágata dos Godos está até hoje a sua cátedra, ou seja, a cadeira onde somente ele, como bispo daquela diocese, podia sentar-se.

:: A catedral de Santo Afonso

Reprodução.
Reprodução.
Panorama da igreja de Santa Ágata.


MATERDOMINI 

Neste lugar, a devoção se dirige a outro santo redentorista, que é até um pouco mais famoso que Santo Afonso, o pequeno irmão São Geraldo Majella. Lá existe uma basílica erguida em sua homenagem e, numa capela reservada, pode-se venerar suas relíquias. 

:: Materdomini: lugar onde vive a memória de São Geraldo Majella

Reprodução.
Reprodução.
Santuário onde estão as relíquias de São Geraldo Majella.


CIORANI

Na pequena cidade, os peregrinos vão poder visitar a Igreja da Santíssima Trindade, chamada de berço da congregação. Neste lugar cresceu um companheiro de Santo Afonso, o beato Januário Sarnelli, e ali repousam os seus restos mortais para veneração dos fiéis. Ela é uma casa importante, porque nela aconteceram os principais eventos da nascente ordem religiosa: os primeiros votos religiosos, a eleição de Santo Afonso como reitor-mor, os primeiros capítulos gerais. Ali também foi o lugar onde Santo Afonso escreveu "Glórias de Maria", "Visita ao Santíssimo Sacramento" e iniciou a grande publicação "Teologia Moral". 

Redentorista de Nápoles.
Redentorista de Nápoles.
Igreja é considerada o "berço da congregação", pois ali ocorreram importantes eventos.


ROMA 

Em Roma, na Via Merulana, uma importante rua romana que liga duas grandes basílicas papais, Santa Maria Maior e São João de Latrão, está localizada a Igreja do Santíssimo Redentor e de Santo Afonso, onde está também a Casa Geral dos Redentoristas. Neste templo está o ícone original de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que é uma devoção que ganhou ao mundo graças aos cuidados dos redentoristas

:: Igreja de Roma preserva devoção a ícone milagroso

Em Roma, os peregrinos ainda vão conhecer: 

Arquibasílica de São João de Latrão (Celebração da Eucaristia), Circus Maximos, Coliseu, Fórum Romano, Capitólio, Praça Veneza, Castelo de Santo Ângelo e Trastevere, Praça del Popolo, Igreja de Santa Maria del Popolo, Praça de Espanha, Fontana de Trevi, Igreja de Santo Inácio de Loyola, Basílica de São Paulo Extramuros, Santa Maria Maior, Capela Sistina, Basílica de São Pedro e Museus Vaticanos.

Shutterstock
Shutterstock
Fachada da Igreja de Santo Afonso em Roma, onde está o ícone do Perpétuo Socorro.


ASSIS E CÁSSIA

A peregrinação ainda vai visitar as cidades de Cássia e Assis, onde viveram Santa Rita de Cássia e São Francisco de Assis e Santa Clara.  

Saiba mais sobre o roteiro turístico inédito da Catedral Viagens


4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.