Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 08 OUT 2019 - 15H09

Semelhanças entre a Virgem de Altötting e Nossa Senhora Aparecida

Os primeiros redentoristas que chegaram à Aparecida tiveram uma surpresa quando foram encontrar a pequenina imagem na Basílica Velha. Eles chegaram aqui, em 28 de outubro de 1894, depois de muitos dias de viagem, e o seu primeiro desejo era ver finalmente a imagem milagrosa que arrebanhava milhares de devotos. Grande foi a alegria ao reconhecer na imagem de Aparecida algumas semelhanças com a Virgem que eles veneravam em sua província, na Baviera, Alemanha. 

A primeira surpresa foi perceber que Nossa Senhora Aparecida tinha a mesma cor enegrecida que a imagem de Nossa Senhora das Graças, de Altötting. Para os alemães essa foi uma satisfação ímpar, porque a província alemã já não detinha há alguns anos a administração do Santuário da Virgem, em Altötting, e chegar na nova comunidade no Brasil foi como sentir-se junto da mesma Mãe Negra

Thiago Leon/Santuário de Altötting.
Thiago Leon/Santuário de Altötting.
Imagem de Aparecida e de Altötting, ambas enegrecidas pelo tempo.


A cor característica das imagens também é um fato que, no caso das duas, aconteceu devido à transformações pelas quais passaram e modificaram a sua cor original.
Padre Bruno Alves Coelho, missionário redentorista da Província do Rio pesquisou detalhadamente as características que unem as duas tradições religiosas. 

NOSSA SENHORA DE ALTÖTTING 


Nossa Senhora das Graças de Altötting.

A imagem de Nossa Senhora das Graças de Altötting é uma imagem com 66 centímetros (quase o dobro da imagem de Aparecida). É entalhada em madeira de tília e traz o Menino Jesus em seu braço direito.

A Mãe tem os olhos fixos no Menino Jesus e em sua mão esquerda carrega um cetro dourado no formato de flor que, pela disposição, parece oferecer ao Filho.

A cor da imagem tem relação com a sua longa história. Devido ao culto ser prestado desde o século IX, a imagem tornou-se negra devido à fuligem das velas.

Na imagem, atualmente, se percebe tanto na Mãe quanto no Filho mantos negros à frente e brancos atrás, ricos em detalhes e pedras. Em suas cabeças, ostentam duas belas coroas douradas e cravejadas de pedras.

No Convento do Santuário Nacional de Aparecida está guardada na capela dos padres uma imagem desta devoção, só que sem o manto em tecido. Nela podemos ver seu manto original que tem a cor vermelha e azul. 



NOSSA SENHORA APARECIDA

A imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida é esculpida em terracota – barro da região de São Paulo –, em torno de 1600. Ela representa Nossa Senhora da Conceição. Está de pé com as mãos postas, sorridente, cabelo comprido e solto e adornado por três flores, com a meia lua e anjo aos pés e, o mais importante, está grávida do Menino Jesus, indicado pela faixa em sua cintura.

Mede 36 centímetros sem o pedestal de prata, acrescentado em 1875. Originalmente era policromada: tinha o rosto e as mãos brancas, um manto de cor azul escuro e o forro vermelho granada; com o passar dos anos, devido à devoção popular, acrescentou um manto em formato triangular e uma coroa à cabeça.

Sua cor enegrecida deu-se também por causa da fuligem das velas por conta do culto público e por ter ficado muito tempo sob as águas do Rio Paraíba do Sul.

Com tantas semelhanças e diferenças, essas duas tradições religiosas se uniram mesmo separadas por um grande oceano, graças à Providência Divina que aproximou os Missionários Redentoristas alemães das terras brasileiras. 

Abaixo, uma singular oração à Virgem de Altötting em momentos de dificuldades (traduzida livremente do inglês). 


Maria desdobra o teu manto, faz dele um abrigo e escudo para nós,

Vamos encontrar refúgio interior até que todas as tempestades passem.
Na doença e na tristeza, ó Maria, envia-nos a tua ajuda,
Protege-nos no momento de grande necessidade, obtenha para nós o nosso pão diário.
Traga-nos a paz mais uma vez, ó Mãe Maria, ouça- nos,
Permanecei com o vosso povo, na terra da promessa sagrada da salvação.
Maria, Altötting é o vosso lugar de graça, sede o seu refúgio,
nestes tempos difíceis, protegei o vosso lugar santo de todo o mal,
Protege-nos, ó Maria, cheia de graça, em corpo e alma, e olha-nos misericordiosamente aqui em baixo. Amém!

:: Reze também a Consagração a Nossa Senhora Aparecida


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.