Por Mariana Sagossi Em Notícias Atualizada em 27 OUT 2020 - 11H51

Obra Social cria cartilha para ajudar na saúde emocional

Há sete meses, nossas vidas viraram de cabeça para baixo. A pandemia chegou e trouxe com ela o isolamento social, a ansiedade e o medo, coisas que antes passavam longe da vida de muitas famílias.

Pensando em ajudar os beneficiários que se queixavam de solidão e saudade das atividades, a equipe do Centro de Assistência Social Santo Afonso criou uma cartilha para ajudar os atendidos a cuidarem da saúde mental e emocional, por meio de atividades, se distraindo, brincando e lendo palavras de positividade e amor.


Cartilha entregue aos beneficiários no mês de Setembro


Segundo a coordenadora, Jessyka,
a cartilha foi desenvolvida depois de a equipe técnica perceber, durante o acompanhamento com as famílias, o aumento no número de participantes mais depressivos e tristes.

“Primeiro criamos um grupo específico no Whatsapp para atender e acompanhar de perto os participantes que manifestaram esse comportamento depressivo e aumento da ansiedade. Com as conversas percebemos o quanto a falta das atividades do CAS estava fazendo na vida dessas pessoas, foi aí que criamos essa cartilha mensal”, conta a coordenadora.

Leia MaisObras Redentoristas realizam atendimento remoto para auxiliar beneficiáriosCuidando de quem cuida: a atenção aos colaboradores das Obras RedentoristasObras Sociais Redentoristas em tempo de PandemiaIsolamento social em família: como lidar?No primeiro kit, os beneficiários receberam a cartilha, que tem atividades diárias, lápis de cor e um “pote da gratidão", onde deveriam escrever todos os dias os porquês estavam gratos. No segundo kit, que foi entregue este mês, eles receberam a cartilha, tinta guache e pincel. As cartilhas são entregues mensalmente e trabalham a saúde mental, estimulação cognitiva e cidadania, através de atividades de pintura, cruzadinhas, jogo dos sete erros, música, entre outros.

“A cartilha tem trazido um grande benefício para nossos beneficiários que vem compartilhando conosco todos os dias como estão se sentindo”, relata Jessyka.

Um exemplo de mudança de vida depois da cartilha é a beneficiária, Adélia que depois que começou a fazer as atividades passou a se sentir mais feliz e positiva diante do momento em que estamos vivendo.

“Quando chegava a noite eu me sentia muito solitária e triste, mas agora com a cartilha eu ocupo meu tempo fazendo as atividades e isso faz eu me sentir melhor e até consigo dormir mais tranquila”, diz a beneficiária.

A beneficiária, Vilma, de 69 anos também conta que as atividades estão a ajudando e muito durante este período, ela ressalta que sem isso ela estaria doente, pois sofre de ansiedade. 

"As atividades que o CAS está enviando para mim nesta pandemia, estão sendo muito importantes, pois se eu ficar sem fazer nada vou ficar doente, porque sou muito ansiosa e preciso ocupar minha mente e meu tempo. A primeira coisa que faço depois das 8h da manhã é ligar o celular e ficar esperando as atividades do dia."


Beneficiária Vilma recebendo o kit da cartilha do mês


:: Conheça o CAS Santo Afonso 


2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Mariana Sagossi, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.