Por Thamara Gomes Em Notícias Atualizada em 15 JUL 2020 - 08H36

Conheça a temática proposta pela CNBB para o Mês Vocacional

O mês vocacional, instituído no Brasil há quase 40 anos pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), celebra e homenageia todas as vocações no decorrer do mês de agosto.

A cada semana, toda a Igreja volta suas atenções para uma vocação específica. Este ano, o tema “Amados e Chamados por Deus” vai guiar as celebrações.

:: Entenda porque agosto é o mês vocacional 

CNBB
CNBB


Na primeira semana, de 02 a 08 de agosto, será recordada a vocação dos ministérios ordenados, representado pelos diáconos, padres e bispos. Na segunda semana, de 09 a 15, é a vez de lembrar da vocação à família. Na terceira semana, de 16 a 22, será celebrada a vocação à vida consagrada, lembrando dos religiosos que fazem os votos de castidade, pobreza e obediência. E na última semana do mês, de 23 a 29, toda a Igreja é convocada a rezar de maneira especial pela vocação dos cristãos leigos e leigas que assumem diversos serviços na comunidade.

Leia MaisJovens dão testemunho da vocação à famíliaA nova realidade da Igreja no pós-pandemiaConheça o tema da 51ª Semana VocacionalO apóstolo Pedro, o medo e o chamado de DeusPara bem celebrar de forma concreta o mês vocacional e oferecer apoio aos animadores vocacionais, a Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB preparou um subsídio próprio para envolver a comunidade e os jovens. No material, são apresentadas propostas de dinamização e oração do terço vocacional, além de encontro vocacional e leitura orante.

O documento, elaborado a partir do tema “Amados e Chamados por Deus”, lembra que a vocação é um diálogo entre Deus e o homem, entre o amor de Deus que chama e a liberdade do homem que no amor responde a Deus. Este chamado se manifesta no dia a dia por meio de uma livre e amorosa resposta e adesão ao projeto de Deus, por meio do seguimento a Jesus Cristo.

A vocação, portanto, nunca é finalizada na pessoa, mas é sempre em vista de uma missão (evangelizar) e para uma finalidade concreta.


Fonte: CNBB

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Thamara Gomes, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.