Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias Atualizada em 18 SET 2018 - 09H30

Cardeal Motta: primeiro arcebispo de Aparecida

No dia 18 de setembro de 1982, morria o primeiro arcebispo de Aparecida, Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, o Cardeal Motta. 

A história de Cardeal Motta com a Arquidiocese de Aparecida começou em 1946, quando visitou pela primeira vez a cidade.

Naquela ocasião, o então Cardeal Arcebispo de São Paulo animou as "vagas esperanças" da construção de uma nova Basílica.

Na publicação ‘Ecos Marianos da Basílica Nacional’, essa visita repercutiu com fervor entre os devotos da Mãe Aparecida.

“A primeira visita a Aparecida de S. Em.ª D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota, DD. Cardeal-Arcebispo de São Paulo, depois de revestido da púrpura cardinalícia, teve para o Santuário Nacional significação toda peculiar. As vagas esperanças de uma nova Basílica, grande e esplêndida como estão a exigir os constantes progressos da romaria, começaram a corporificar-se na ocasião dessa visita, para terem no mesmo ano feliz início, com a bênção da pedra fundamental”.

Pouco tempo depois, o sonho tornava-se realidade com o lançamento da pedra fundamental da construção do novo Santuário Nacional de Aparecida, no dia 10 de setembro de 1946.

A criação da arquidiocese aconteceu somente anos mais tarde, no dia 19 de Abril de 1958, com a Bula ‘Sacrorum Antistitum’, do Papa Pio XII. Com isso, foi desmembrada a Arquidiocese de Aparecida da Arquidiocese de São Paulo e da Diocese de Taubaté. Por sediar um santuário mariano, a cidade de Aparecida estava ligada à Arquidiocese de São Paulo, mesmo depois da criação da Diocese de Taubaté.

Cardeal Motta faleceu aos 92 anos. Ele foi um dos idealizadores do Santuário Nacional de Aparecida.

Ele foi, primeiramente, Administrador Apostólico de Aparecida. A nomeação como arcebispo da recém-criada arquidiocese ocorreu apenas em abril de 1964.

Na Arquidiocese da Padroeira do Brasil, o cardeal exerceu seu ministério episcopal até sua morte, aos 92 anos, em 18 de setembro de 1982. Veja relato do falecimento de Dom Carlos Carmelo na imagem abaixo.  


 

Homem de grandes virtudes, Dom Carmelo contribuiu com a criação de dioceses e fundou diversas instituições de importância nacional, como a Faculdade Paulista de Direito, futuramente Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, e a Rádio Nove de Julho. Cardeal Motta foi ainda um dos fundadores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), sendo seu primeiro presidente, de 1952 a 1958.

Entre as curiosidades da vida de Dom Carlos Carmelo, está a escolha do nome da capital federal, Brasília. Foi ele que, no dia 3 de maio de 1957, celebrou a primeira missa na capital brasileira

Na primeira visita do Cardeal Motta ao Santuário Nacional, uma frase ficou marcada para a história do primeiro arcebispo da Arquidiocese de Aparecida e da Casa da Mãe Aparecida, quando falou sobre a construção da nova Basílica: 

"Será a oração de pedra do povo brasileiro, 
a levantar-se para os céus, pujante como a sua fé". 

Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos está sepultado na Capela da Ressurreição, no Santuário de Aparecida, juntamente com os arcebispos Dom Antônio Ferreira de Macedo e Dom Geraldo de Moraes Penido. A partir do dia 8 de outubro, o 3º Arcebispo de Aparecida, Dom Aloísio Lorscheider, também terá os seus restos mortais na Casa da Mãe Aparecida.


Fonte: CDM Santuário Nacional

6 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.