Por Marília Ribeiro Em Notícias

Ressurreição de Jesus e fundamentos da fé nos painéis do Santuário

Quando o devoto entra na Basílica de Nossa Senhora Aparecida pela porta da Nave Leste, é convidado a ressuscitar com Cristo para uma nova vida. É nesta ala que o sol nasce para apontar Cristo que não abandona nenhuma de suas ovelhas.

Thiago Leon
Thiago Leon


Olhando os oito painéis em tons azul, turquesa e laranja do corredor da nave leste o devoto observa e confirma a presença constante de Cristo. De um lado do corredor está à representação do sepulcro vazio, Jesus que sopra o seu Espírito sobre os discípulos, a aparição de Jesus junto ao lago de Tiberíades e o pastoreio de Pedro e o painel dos discípulos de Emaús que caminham com Jesus. Do outro lado Pentecostes, a ascensão do Senhor, a cura do paralítico e o bom pastor.

Thiago Leon
Thiago Leon


No grande painel localizado acima da porta de entrada para a nave leste, está ‘Os fundamentos de nossa fé ’. Nele estão o Antigo Testamento, Jesus e o Novo Testamento.

No Antigo Testamento a primeira figura é a de Abraão, seguido de Isaac Jacó, Moisés, Josué, Davi, Elias, Isaias, Jeremias, Ezequiel, Esdras, Daniel e o último precursor João Batista, aquele que preparou o caminho do cordeiro.

Marília Ribeiro
Marília Ribeiro


No centro, o Cordeiro Pascal em um estandarte da vitória sobre a morte. Nos detalhes destacam:

Marília Ribeiro
Marília Ribeiro


*
O quadrado:
forma perfeita humana, porque o homem só pode ir para frente e para trás, para o lado e para o outro.

* Altar em pedra única: significando Jesus que se faz limitado, para nos dar a vida eterna, principio e fim, é a presença dele no nosso meio. Ainda consta a inscrição: Redimistes para Deus por teu sangue homens de toda tribo, língua, povo e nação. (Ap 5, 9) https://www.a12.com/biblia/novo-testamento/apocalipse/5/9

* Vermelho: a cor do sacrifício de Cristo que veio para a redenção da humanidade

* A cruz e o cordeiro, sob o Altar: é Jesus que se entregou e venceu a morte

* Lamparinas: recordando os dons do Espírito Santo. O Pentecostes, que é a vinda do Espírito Santo sobre os apóstolos, dia do nascimento da Igreja, é o momento em que o verdadeiro significado da Cruz e da Ressurreição de Cristo se manifesta e retorna à comunhão com Deus. Em Pentecostes a Igreja toma consciência da sua missão.

Os sete selos do Apocalipse na cruz de Jesus: Um deles mais afastado, vai representar a passagem que diz: “O Rei, o justiceiro virá sobre o cavalo branco”(Ap 19, 11), nos remetendo a volta de Jesus. 

* Incensos: representando a divindade de Jesus e também as preces da Mãe Igreja.

Na sequencia, o Novo Testamento, início do primado de Pedro, pai da Igreja, seguido de André, Tiago M. Felipe, Bartolomeu, Matheus, Tomé, Tiago, J. Tadeu, Simão Z., Matias e Paulo, segundo pilar da Igreja. Cada um portando o seu símbolo de chamado.

Marília Ribeiro
Marília Ribeiro


Abaixo dos homens da fé, parreiras de uva representando a nova Jerusalém, o céu onde se encontram. As folhas de louro dourada simbolizam as vitórias que cada um deles teve sob a morte, junto com o próprio Cristo. E as folhas de louro prateada, somos nós, que ainda não seguimos para o céu, mas estamos nessa caminhada para a glória eterna junto a Deus.

Em cada nave da Basílica da Mãe Aparecida é possível contemplar os detalhes e rezar refletindo a vida de Jesus, buscando se espelhar Nele para uma vida de fé verdadeira. Na Nave Sul está localizado o trono de Nossa Senhora e no corredor, 10 painéis da infância de Jesus; Nave Norte com oito painéis da ‘Vida Pública de Jesus’; Nave Oeste, oito painéis com o ‘Novo Mandamento, a Eucaristia, e a Paixão e Morte de Jesus’ e na Nave Leste, oito painéis da ‘Ressurreição do Senhor’.  Todos os painéis sacros são de autoria do artista Claudio Pastro.

Nesse ano de 2019 o Santuário iniciou a Jornada Bíblica. O projeto busca levar conhecimento e uma experiência evangelizadora a partir da Palavra de Deus. Além disso, a Jornada quer envolver todos os devotos no trabalho de revestimento das fachadas do Santuário com passagens bíblicas, tornando a Casa da Mãe Aparecida uma das maiores ‘Bíblias a céu aberto’ do mundo. Clique aqui para conhecer o projeto e fazer parte desta grande obra de evangelização.


2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.