Igreja

Santos que ajudam a viver o Advento e o Natal

O Advento é vivenciado no final do ano, semanas antes do Natal. Neste período, alguns santos surgem no calendário litúrgico e outros na liturgia deste tempo. Vamos lembrar alguns deles

Escrito por Elisangela Cavalheiro

17 NOV 2021 - 10H48 (Atualizada em 17 NOV 2021 - 12H16)

Shutterstock shutterstock_745377391_saonicolau_bispo (Shutterstock)

Vamos viver, em pouco tempo, o Natal do Senhor, a segunda maior festa cristã, depois da Páscoa. Antes dele, a Igreja oferece o tempo do Advento para ajudar a preparar o coração para a vinda do Menino Deus entre nós e para acolher a salvação que Ele vem nos dar.

O Advento é vivenciado durante os quatro domingos que antecedem o Natal e, neste período, alguns santos surgem no calendário litúrgico e outros na liturgia. Outros porém, tiveram alguma contribuição para formar o sentido cristão do Natal. Vamos lembrar alguns deles.

São Francisco de Assis

Este santo, famoso por ser o padroeiro da Ecologia e protetor dos animais, também deixou uma contribuição para o Natal cristão. No ano de 1223, São Francisco de Assis (1182-1226) inovou uma maneira de se montar o cenário do Nascimento do Senhor e, com isso, abriu espaço para a atual representação do presépio que temos.

São Francisco, no lugar de festejar o Natal na igreja local, montou uma representação da cena bíblica do Natal com animais e os alguns personagens, na floresta de Greccio, e ali explicou o Mistério da Encarnação de Cristo ao povo.

Shutterstock
Shutterstock
São Francisco com o Menino Jesus nas mãos


Virgem Maria

A maioria de nós pensa imediatamente na Virgem Maria durante o Advento. Afinal, Ela é a que está mais próxima de Jesus. Neste tempo, a Igreja celebra duas festas marianas: a Solenidade da Imaculada Conceição (8 de dezembro) e a Festa de Nossa Senhora de Guadalupe (12 de dezembro).

Com Maria, aprendemos a viver muitos dos valores cristãos, como o amor, a humildade, a justiça, a abertura e entrega à graça de Deus e a disponibilidade para segui-Lo.

:: Conheça no site da Academia Marial mais de 1000 títulos de Nossa Senhora

Shutterstock
Shutterstock
Virgem Maria e o Menino Jesus


São Francisco Xavier

Este santo é conhecido por ser Padroeiro Universal das Missões, e sua festa acontece no dia 3 de dezembro. Sua vida é um bom exemplo para vivermos a nossa fé neste tempo de espera pelo Senhor.

São Francisco Xavier evangelizou de forma intensa no Extremo Oriente, especialmente, na Índia, Japão e China. Entender o empenho deste santo em sua vida missionária mostra que, a partir do reconhecimento de Jesus Salvador, podemos oferecer muitos frutos em nossas vidas.

Shutterstock
Shutterstock
São Francisco Xavier


São João Damasceno

Doutor da Igreja, este santo foi um defensor incansável do culto das imagens sagradas. Foi o primeiro a fazer distinção do culto público e privado, entre a adoração e a veneração. A primeira indica adorar somente a Deus, e a outra, quando se usa uma imagem para se dirigir à pessoa à qual se presta o culto.

São João Damasceno assumiu o papel de defensor do culto e lutou contra a iconoclastia; um movimento de oposição à veneração das imagens. Ele usou em sua defesa um dos fundamentos da fé cristã: a Encarnação, ou seja, Deus que, ao se tornar homem (Natal), passou do invisível ao visível, com sua carne e sangue. Devemos a este santo a possibilidade que temos de nos inspirar na vida dos santos, venerando as imagens que eles representam.

Reprodução
Reprodução
São João Damasceno


São Nicolau

Este santo foi um bispo na Turquia e é tido como quem deu origem à figura do Papai Noel, mas de uma forma muito mais simbólica e altruísta. Por esse motivo, a festa de São Nicolau é celebrada no dia 6 de dezembro, mas muitas pessoas só lembram dele no dia 25.

O santo bispo foi muito caridoso, mas principalmente com as crianças carentes. Ajudava pessoas que passavam por dificuldades financeiras e tem até uma história curiosa de sua vida: ele colocava um saco com moedas nas chaminés das casas. Rezemos a São Nicolau para aumentar a nossa caridade com aqueles que mais precisam.

Shutterstock
Shutterstock
São Nicolau representado em um ícone


São João da Cruz

Doutor da Igreja, São João da Cruz tem sua festa no dia 14 de dezembro. Ele foi um grande mestre da vida espiritual, sabendo unir bem oração e trabalho. Entre seus escritos, há um poema sobre o verdadeiro sentido do Natal, que é o nascimento de Jesus Cristo, nosso Salvador.

Sua profundidade pode nos ajudar a preparar ainda mais o nosso coração para este momento especial. Abaixo, confira o poema que este santo escreveu.

Reprodução
Reprodução
São João da Cruz


“Quando foi chegado o tempo
Em que de nascer havia,
Assim como o desposado,
Do seu tálamo saía

Abraçado à sua esposa,
Que em seus braços a trazia;
Ao qual a bendita Mãe
Em um presépio poria

Entre pobres animais
Que então por ali havia.
Os homens davam cantares,
Os anjos a melodia,

Festejando o desposório
Que entre aqueles dois havia.
Deus, porém, no presépio
Ali chorava e gemia;

Eram joias que a esposa
Ao desposório trazia;
E a Mãe se assombrava
Da troca que ali se via:

O pranto do homem em Deus,
E no homem a alegria;
Coisas que num e no outro
Tão diferente ser soía”.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.