Por Pe. Ferdinando Mancilho, C.Ss.R. Em Artigos Atualizada em 03 OUT 2019 - 14H15

A dimensão ecológica e missionária da Festa da Mãe Aparecida

Thiago Leon
Thiago Leon


A temática da
Novena e Festa de Nossa Senhora Aparecida 2019, é uma novena soberana, como o é cada novena à nossa Mater Dei, e procurou ser elaborada em vista da missionariedade. Por que? Há dois fatos relevantes que conduzem a essa dimensão eclesiológica e batismal: A “Carta Apostólica Maximum Illud”, de Bento XV, promulgada em 30 de novembro de 1919, portanto, a cem anos atrás. Aqui, o papa Francisco pediu que o mês de outubro, mês missionário, fosse muito especial e intenso, em vista dos centenário da “Maximum Illud”.

Juntamente com o fato supra citado, coincide a longa e benéfica preparação e realização do “Sínodo Pan-Amazônico”, ou seja, com todos os países integrantes da grande Amazônia, que tem esse desejo: Amazônia – Novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral. A realização desse Sínodo foi também um pedido do papa Francisco há tempos atrás.

Diante desses fatos eclesiológicos-evangelizadores, a Novena de Nossa Senhora Aparecida, deseja ser um espaço orante e meditativo voltado para a missionariedade. Daí decorrem o ENFOQUE MEDITATIVO para cada dia da Novena, tendo em vista o tema “grande”, e que não se pode perdê-lo de vista: Com Maria: escolhidos e enviados em missão!

A dimensão orante e meditativa para cada dia será:

Além da dimensão orante no desenvolvimento da Novena em cada dia, destaca-se no nº 5, conforme o texto de cada dia, o “Testemunho Missionário-Profético”. Ele falará de verdadeiros profetas que já cumpriram sua missão na Terra, mas também daqueles que ainda labutam para que o mundo, a Amazônia e nossa pátria tenham vida, de fato, abundante.

Tentemos agora relacionar, concatenar os temas de cada dia, ou seja, para onde eles querem nos levar:

1º dia - Maria, Mãe de Jesus, missionário do Pai! ➸ Jesus é o enviado do Pai, que escolheu Maria para ser a Mãe do Redentor, e o Pai realizasse sua promessa, a Aliança eterna de seu amor, por meio de seu Filho único e amado.

2º dia - Maria Missionária: a presença da Igreja sem fronteiras! ➸ A missionariedade da Igreja não está restrita somente para aqui ou ali, mas sim para onde há filhos e filhas de Deus que necessitam descobrir e redescobrir o amor infinito de Deus. Por isso, não há fronteiras para a missão, e ser missionária é do caráter da Igreja, sacramento do Reino.

3º dia - Maria Missionária: escutar o clamor dos povos! ➸ Qual é a atitude da Igreja? É o que vemos com o papa Francisco: Onde há clamor, há vida em perigo ou necessitada de auxílio, e a Igreja não pode deixar de escutar o clamor dos povos nos 5 continentes da Terra.

4º dia - Maria Missionária: cuidar do que é de Deus! ➸ A dimensão ecológica está profundamente ligada à vida. Amplitude da vida: do ser humano, da biodiversidade, etc. Cuidar do que é de Deus, quer lembrar esse cuidado com a natureza, fundamentalmente agora, a da Amazônia, que está sendo objeto de exploração dos gananciosos apoiados pelo governo atual.

5º dia - Maria Missionária: Socorrer os feridos em sua dignidade! ➸ Ferir a natureza é ferir a dignidade da criação divina e, em consequência, a vida de quem depende exclusivamente da natureza, como os ribeirinhos, os indígenas da Amazônia. Compreende-se, pois, tanto a vida do ser humano como a da natureza, como algo sagrado, algo que é de Deus, que Deus colocou em nossas mãos para vivermos dignamente. O que se opõe a isto é ferida aberta....

6º dia - Maria Missionária: estar junto dos oprimidos e esquecidos! ➸ Maria é Mãe dos pobres. Seu olhar materno está voltado para os mais esquecidos da sociedade. Não podemos deixar de meditar no sistema injusto da organização social do Brasil, onde 15% detém o dobro ou mais do que a massa sobrante; 85%. Dizem alguns que a porcentagem da concentração de renda começa a cair, o que significa menos gente ficando ainda mais ricas. E os pobres? Só têm Deus por conta....

7º dia - Maria Missionária: testemunho profético e de esperança! ➸ Nessa realidade social, econômica, política em que vivemos, é preciso um grito profético e de esperança. Santo Agostinho nos diz que o cristão tem de ficar indignado com tudo o que fere a vida do ser humano, mas também não pode perder a esperança. A profecia é indignação, denúncia, mas também esperança, anúncio.

8º dia - Maria Missionária: a Igreja com rosto amazônico! ➸ Desejamos que os cristãos que amam Nossa Senhora não se esqueçam do bom e amado povo amazônico. Povo desejoso de vida, povo que se alegra com a dança, mesmo no meio de tanta luta. Mas lá, é preciso missionários corajosos, destemidos, que sejam capazes de partilhar a vida com o povo, dividir as lutas e esperanças. Isso é missão de cristãos, e não somente de consagrados!

9º dia - Maria, Senhora de Nazaré, Rainha da Amazônia! ➸ Vamos festejar a vida. Lembramos a tão amada Senhora do Círio de Nazaré, Senhora de Nazaré, pois os povos amazônicos, um povo de muitos rostos, sabe ser irmão, irmã, parceiro, companheiro, presença, porque a Senhora de Nazaré os une na mesma fé, a do Cristo Senhor, libertador e Redentor. O amor a Nossa Senhora é grito profético para nosso tempo.

Com essas motivações curtas aqui apresentadas, esperamos celebrar com dignidade, com fé e alegria, com profecia e esperança, a Novena de Nossa Senhora Aparecida: “Com Maria: escolhidos e enviados em missão”.

5 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Ferdinando Mancilho, C.Ss.R., em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.